Cruzeiro e Grêmio: teoria, prática, oportunismo e clichês

Postado em 23/08/2017 11h08
Um francês e um inglês aguardam ansiosamente para ver se uma nova máquina vai funcionar. É o primeiro teste. Mistério. A engenhoca não desaponta a dupla de cientistas. O britânico comemora a utilidade prática, a fruição perfeita da sua invenção. O gaulês, reticente, pergunta: “funciona na...

Neymar, ambição e individualismo

Postado em 16/08/2017 06h00
Dentro da total overdose de cobertura do “caso Neymar” nas últimas semanas, um dos vieses de análise mais constantes que vi na imprensa passou pelo seguinte: a escolha do jogador por trocar um lugar onde potencialmente sua perspectiva coletiva era mais promissora, por outro no qual seu protagonismo...

Galo, imprensa, oportunismo e injustiça

Postado em 09/08/2017 06h00
Muitas das críticas feitas ao “planejamento” e à diretoria têm sido exageradas, oportunistas. Populismo... Se pegarmos o que esmagadora maioria da imprensa disse a respeito do atual elenco do Atlético em boa parte do ano, e o novo discurso de muitas dessas mesmas pessoas a partir de um período mais...

Fazendo justiça com Mano Menezes

Postado em 02/08/2017 06h00
Todo sistema tático tem, no papel, suas falhas. Pontos em que, comparativamente, teoricamente, perde em relação a outros. O 4-4-2 com losango no meio, por exemplo, peca por não oferecer duas peças de lado ao desenho inicial. Já o 4-2-3-1, na prancheta e/ou na prática, tem chances maiores de...

Sinal da nossa limitação?

Postado em 26/07/2017 06h02
Todo mundo sabe: destruir é mais fácil que construir. Inclusive no futebol. A quase dinastia do Barcelona de Guardiola, e da seleção espanhola entre 2008 e 2012, fez da valorização da posse um paradigma. A passagem do treinador catalão pelo Bayern, e o fato de este último ter sido, em diversos...

Um gênio falando do outro

Postado em 19/07/2017 10h54
Num meio frequentemente retrógrado e especialmente machista como o do esporte, falar da graça, do charme, da beleza nos movimentos de um atleta, no seu jeito de ser, jogar, não é tão corriqueiro. Bobagem. Aqui não temos esse problema. Na verdade, em todos os segmentos, mesmo os sujeitos mais toscos,...

Cazares e Camus

Postado em 12/07/2017 11h53
Escritor, filósofo, dramaturgo e... goleiro! Francês/argelino como nosso carrasco favorito e técnico mais sortudo do planeta, Zinedine Zidane. Existe (existiu) essa figura? Claro! Albert Camus... Apaixonado por futebol, o arqueiro pensador só abandonou as metas perto dos 18 anos em função da...

Mano Batista

Postado em 05/07/2017 10h42
A expressão “Professor Pardal” começou a ser aplicada no futebol com o intento de adjetivar treinadores adeptos de um invencionismo, digamos, pouco inteligente. Ganhando vida na sociedade, porém, banalizando-se de alguma maneira, recebeu novos sentidos, novas utilizações – ainda que seus arautos...

Xarás, rivais e precisando refletir...

Postado em 28/06/2017 10h43
Quando viveu sua melhor fase em temporadas recentes, Rafael Carioca não era o clone tupiniquim de Xavi, Xabi Alonso ou Busquets que alguns sugeriam. Hoje, período no qual anda especialmente criticado, não é o culpado por todos os problemas da nação. Numa análise geral, que independe de momentos um...

Pressão popular, Neves, Sóbis e considerações táticas

Postado em 07/06/2017 17h16
Num exemplo claro da mistura de precipitação com desconhecimento que acomete imprensa e público nas “análises” esportivas, a formação do ataque cruzeirense passou a ser equivocadamente condenada mais ou menos na altura da perda do título estadual. Na linha do que esmiucei na coluna da semana...

Inteligência de Roger

Postado em 24/05/2017 12h14
Bom de prancheta, bom de relacionamento com o grupo, bom de entrevista. Roger é um dos treinadores mais inteligentes e completos do Brasil. Cheio de predicados. E numa coletiva recente, perguntado sobre a possibilidade de jogar com três volantes, fez colocações táticas bem interessantes, originais,...

Cazares e o teste de Roger

Postado em 12/04/2017 20h04
Na temporada passada, o Atlético viveu um dilema: escalar uma equipe que reunisse seus principais talentos e, ao mesmo tempo, se mostrasse minimamente competitiva defensivamente. Noves fora a questão “Fred e/ou Pratto”, dirimida em 2016 pelo fato de o primeiro não poder jogar a Copa do Brasil,...