Guilhotina tripla

Coluna Esplanada / 11/05/2017 - 12h00

O juiz federal Sérgio Moro indicou para o STF em ofício, ontem, que dá sentença dia 14 de junho no processo em que o ex-ministro Antonio Palocci, o marqueteiro João Santana e a esposa dele, Mônica Moura, respondem por suspeita de receberem ilegalmente US$ 10 milhões - operados por Palocci - entre 2010 e 2012, de contratos da Odebrecht junto à Petrobras. Moro afirma ter provas de que Palocci operou, por baixo, R$ 150 milhões em propinas desde 2006. O teor aponta que o juiz descerá a caneta condenatória no trio. 

Mais um
Moro cita que iniciou a tramitação na 13ª Vara o processo em que a Odebrecht é acusada de pagar com propina o prédio do Instituto Lula e outro apartamento ao petista. 

Falta no plenário
Os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Jorge Viana (PT-AC) fizeram questão de avisar que pagaram do bolso as passagens e hospedagem para irem a Curitiba.

Do bolso
O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), também avisa à Coluna que voou pela GOL e pagou no cartão seu bilhete, e do bolso os custos para ver Lula da Silva depor. 

Filhote do Refis
Caiu em desgraça no Congresso a MP 766, que cria o Programa de Regularização Tributária junto à Receita e Procuradoria da Fazenda - um filhote do Refis, que já salvou muito graúdo. Ocorre que nos bastidores a ideia do Governo, já consentida pela Mesa da Câmara, é deixar a medida ‘caducar’ - ela tem prazo até dia 1º de junho.

Barganhou 
Em reunião para tratar da MP há dias, o secretário da Receita, Jorge Rachid, não fez concessões ao relator, deputado Newton Cardoso Jr. (PMDB-MG), que apresentou de forma “surpresa” o texto na comissão. Tem congressista alertando que a MP virou moeda de barganha para votos das reformas na Casa.

RG judicial
Começou ontem e se encerra amanhã em Brasília o I Encontro Nacional de Juízas e Juízes Negros (Enajun), em auditório do TJ em Brasília. A iniciativa é inédita no país, e tem como tema “A identidade negra na magistratura brasileira”.

Decolou 1

O MTur registrou curioso crescimento de seguidores nas redes sociais neste maio, referente ao mês de 2016. O Facebook pulou de 537.084 para 716.182 seguidores (33%)

Decolou 2
No Twitter da pasta, o salto foi maior, de 224.638 seguidores (103%). Em 2016 eram 217.579, e passaram para 442.217. Ações de marketing digital e interatividade ajudaram.

Celular cidadão 

A Câmara de João Pessoa já aceita projetos de lei de iniciativa popular pelo celular, pelo app Mudamos. “Estamos aprofundando ao máximo o sentido de democracia, atualizando-o”, comemora o idealizador da Lei Ficha Limpa, juiz Márlon Reis.

Casa do Povo
A deputada Maria do Rosário (PT-RS) comemora decisão liminar do ministro Edson Fachin (STF) autorizando populares na galeria da Câmara durante as votações da reforma da Previdência. Ela é autora do PRC 30/15 que assegura o povo na Casa.

Vigiar.. 
Mais de 110 servidores públicos foram demitidos, destituídos dos cargos ou tiveram as aposentadorias cassadas nos últimos quatro meses. Os dados constam no Cadastro de Expulsões da Administração Federal.

..e punir
O Cadastro ainda não incluiu os nomes dos servidores afastados em abril e maio - como o do ex-diretor da Agência Nacional de Águas Paulo Rodrigues Vieira, punido por receber vantagens indevidas e por improbidade administrativa.

Modesto
Em ascensão nas pesquisas para a Presidência, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) tem lidado com o assédio e a tietagem com certa modéstia. “Faz parte da política. É melhor ser assediado do que vaiado”, afirmou um surpreendente sereno Bolsonaro à Coluna.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários