Sangria atada

Coluna Esplanada / 01/08/2017 - 12h00

A vingar a conta da tropa do presidente Michel Temer no Palácio do Planalto, a oposição tem hoje entre 171 e 200 votos no plenário da Câmara pela admissibilidade da denúncia do PGR Rodrigo Janot contra o chefe da nação. Passam longe dos 342 que os opositores precisam para levar o caso ao Supremo Tribunal Federal. 

Garoto-propaganda

Fiel escudeiro de Temer, Carlos Marum bateu ponto na Câmara Federal até no recesso. Sem colegas para papear, dedicou-se a selfies com os turistas nos salões. 

Pós-impeachment

Os Correios anunciaram a saída de Darlene Pereira da vice-presidência Comercial. Ela é apadrinhada do senador Telmário Mota. A nomeação fora após voto dele contra Dilma. 

2018, talvez

Nos gabinetes do Senado é dada como certo o naufrágio da reforma da Previdência neste ano. Está na fila da Câmara, envolta com a (primeira) denúncia contra Temer. 

Batgirl

Prestes a se divorciar do marido deputado federal, uma classuda senhora da alta sociedade revelou numa rodinha de madames, numa festa, que ele tem R$ 100 milhões escondidos no exterior. E que vai botar a boca no trombone se não ganhar o que merece no litígio. O parlamentar e seu operador são apelidados de Batman & Robin. 

Arrivederci?

Governador do Rio Grande do Sul, Ivo Sartori (PMDB) conseguiu cidadania italiana. Contratou a maior especialista no país. Sartori foi citado na delação de Ricardo Saud, da JBS, por receber R$ 1,5 milhão. Grana foi declarada, mas suspeita.

Decolagem...

Presidente do PR de Pernambuco, o deputado federal licenciado e secretário de Transportes, Sebastião Oliveira, negociou apoio do ministro dos Transportes, Maurício Quintela, para ter voos da Azul para sua cidade, Serra Talhada. Tudo fechado, mas..

...may Day

Convocado pelo partido para votar, Oliveira foi informado pelo governador Paulo Câmara (PSB), desafeto de Michel Temer, que deve votar contra o presidente no plenário hoje, caso queira ficar no cargo.

Roleta

O senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do Governo, passou a ser um dos maiores entusiastas da legalização dos cassinos no Brasil. 

Vem porrada

É pule de dez que Rogério Rosso (PSD-DF) entre na delação premiada de Eduardo Cunha. Até de graça. Eles são inimigos figadais. Rosso votou pela sua cassação, e dias depois foi visitar Cunha no apartamento. O ex-presidente nem o deixou subir.

Amargou

Aliás, não chamem para uma mesa de café o ministro Gilberto Kassab, presidente do PSD, e o deputado Rogério Rosso, dirigente do partido no DF. 

Te cuida, Marcela

O federal Wladimir Costa (SD-PA) soltou foguete de confete no impeachment de Dilma para comemorar a ascensão de Michel Temer. Agora, tatuou o nome do presidente no braço. Até o fechamento da Coluna, Temer ainda não recebera uma carta... 

É o amor

Temer deu motivos. Metido a poeta, há dias o presidente escreveu no caderninho um poema titulado ‘Emenda’, com 7,5 milhões de estrofes dedicadas a Wladimir. 

Cristo roxo

O Cristo Redentor será iluminado de roxo no sábado à noite, no Dia Estadual de Combate à Hanseníase. São 25 mil novos casos por ano no país.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários