O aluno e a tomada elétrica

José Roberto Lima / 28/10/2017 - 06h00

José Roberto Lima*

Eis uma história que circula na internet. Espero que sirva de lição para quem acredita nos próprios sonhos e na ascensão social por meio dos estudos. Leia:

Aquele aluno sonhava em estudar Medicina. Mas não se esforçava nos estudos. Durante a adolescência, seus pais foram chamados em diversas ocasiões por causa de condutas condenáveis.

Mesmo sendo justas aquelas repreensões, havia uma professora que exagerava nos xingamentos e até mesmo nas humilhações. E o aluno seguiu assim, numa sucessão de reprovações escolares.

Vinte anos depois, aquela professora estava internada em estado grave num hospital. Nem imaginava quem seriam os médicos designados para atendê-la. Mas, sem saber o porquê, viu-se pensando naquele aluno indisciplinado, cujo sonho era estudar Medicina.

O estado da professora tornou ainda mais grave. Sua esperança era a chegada de um famoso médico, que viria de outro país para comandar uma equipe de cirurgiões. Ela estava agonizando quando viu entrar na enfermaria um senhor em traje branco, segurando nas mãos diversos equipamentos.

O recém-chegado aproximou-se e se dirigiu até a tomada elétrica que mantinha ligados os equipamentos. E, para  surpresa da professora... para a grande surpresa dela... reconheceu o antigo aluno. 

Ele desligou a tomada, o que agravou a saude da professora. Tentava, com mais essa trapalhada, cumprir seu ofício de faxineiro do hospital. 

Aaah! - leitor ou leitora - você pensou que ele era o médico, não é? Faça como ele: sonhe, sonhe, sonhe... mas não se esforce para realizá-los. Faça igual a ele pra você ver o que lhe acontecerá.

Mas, se você preferir dar um desfecho feliz a esta história, siga lutando para que os seus sonhos não virem pesadelos. Isso inclui levar a sério os estudos. Então, bons estudos.

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários