Boschi chega à Academia

Postado em 08/09/2017 06h00
Em 17 de agosto último, a Academia Mineira de Letras inaugurou o retrato de seu ex-presidente Olavo Romano. Ato simples, como acontece comumente na Casa de Alphonsus. Na mesma tarde, elegeu-se acadêmico o historiador Caio Boschi, que ocupará a cadeira de número 30, vaga do também historiador Oiliam...

O referendo ao 7 de setembro

Postado em 07/09/2017 06h00
Por fins didáticos, o episódio de 7 de setembro de 1822, às margens do riacho Ipiranga, ficou preservado na memória da maioria dos brasileiros apenas pela imagem do quadro do pintor Pedro Américo, pintado bem anos após, e ao celebrado grito “Independência ou Morte”. Mas os fatos não são tão simples...

Setembro: Perspectivas e lembranças

Postado em 06/09/2017 06h00
Tão esperado, finalmente setembro chegou, com o anúncio da Primavera, que aqui sai impresso com maiúscula inicial para demonstrar a confiança em dias melhores para o Brasil e os brasileiros. Apesar disso, as perspectivas ainda são sombrias, no mínimo duvidosas. Os horizontes políticos não são...

Da existência dos Mestres

Postado em 05/09/2017 06h00
Uma verdadeira corrente: Maria Lúcia enviou o conteúdo para Ives Melo, que o repassou a Fernando Guedes de Mello e, através deste, tomei conhecimento. Algo muito interessante numa época em que geralmente se dá pouca atenção a coisas sérias. É o caso da existência ou não de Jesus, Cristo, comparável...

A leitura libertadora

Postado em 02/09/2017 06h00
Uma reunião diferente na Academia Mineira de Letras, com a presença de sua presidente Elisabeth Rennó, de Marlene Guzella, da Arcádia de Minas Gerais, Helena Paulinyi, da Academia Feminina Mineira de Letras, e das professoras doutoras da PUC Ivete Walty, pesquisadora das relações entre a literatura...

Na hora do naufrágio

Postado em 01/09/2017 06h00
Há dias, publicou-se aqui comentário sobre a data de 91º aniversário de Fidel Castro, no último dia 13 de agosto. Ele não estava mais em vida, tampouco apareceu na mídia, como em anos anteriores. A memória humana é curta. Ainda no oitavo mês, encontrei um depoimento de Augusto Frederico Schmidt...

Um Instituto Histórico no Sertão

Postado em 30/08/2017 06h00
A exemplo do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais (IHGMC), fundado pelo grande governador João Pinheiro, Montes Claros tem o seu congênere. O Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros foi fundado em 27 de dezembro de 2006, presidido hoje por Lázaro Francisco Sena, e objetiva...

Os ventos maus da furdunça

Postado em 29/08/2017 06h00
Ouvi dizer e gravei para investigar a palavra furdunço, não encontrada na obra de nosso Guimarães Rosa até onde pude pesquisar. Segundo Francisco Fernandes, um dos bons dicionaristas brasileiros e por sinal mineiro, significa pândega ruidosa, desordenada; festança de baixo povo; barulho, desordem....

A independência em xeque

Postado em 28/08/2017 06h00
Sete de setembro, dia de comemoração. Pedro, o príncipe, vinha de viagem ao Rio Grande do Sul e São Paulo, aonde fora a harmonizar situações. Às margens do ribeirão Ipiranga, parou para ler cartas com notícias de Portugal, embora existam outras versões. Soube, assim, que os brasileiros que em Lisboa...

A multiplicação dos pães

Postado em 25/08/2017 06h00
Em minha conversa com uma religiosa de prestigiosa congregação, comentamos que todos os dias há notícias de pessoas que encontram Jesus. Não se trata de mera troca de ideias sobre o contato ou a aproximação daqueles que, nestes tempos e em seu percurso diário, se deparam com o homem da Galileia....

Excessos e extravagâncias

Postado em 24/08/2017 06h00
Os debates assistidos pela televisão ou transmitidos pelas rádios sobre a Lei Orçamentária da União e a Reforma da Previdência são, ou foram, aviso de chumbo grosso à frente. Isto é, o brasileiro que ama a folgança terá de conviver com arrocho por muito tempo. É claro que, em âmbito de poder...

A ameaça que não para

Postado em 23/08/2017 06h00
A troca de ameaças e a guerra de palavras entre os presidentes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte foram inseridas na pauta diária da mídia. Até onde o conflito verbal se ampara na realidade, eis a questão. Há uma diferença – Trump diz e desdiz, o coreano fica mudo e é irredutível. “Mas, o...