Ruas e estradas não satisfazem

Postado em 15/12/2012 07h29
  A obsessiva ação governamental no incentivo à produção de veículos automotores é responsável por um sem número de problemas no país. Se de um lado mantém em plena atividade a produção, evitando o declínio da massa de seus trabalhadores, por outro incentiva ostensivamente o consumidor, que...

O pavilhão que Niemeyer não viu

Postado em 14/12/2012 06h29
Jamais houve no Brasil tão exaltadoras homenagens a qualquer cidadão nascido neste país como as que se fizeram por ocasião de sua morte. E houve unanimidade, fato ainda mais raro em uma população tão múltipla, tão diversa. As pessoas conheciam o arquiteto, tinham no mínimo ideia de quem era e da...

Em busca do fim da escalada

Postado em 13/12/2012 06h27
Arrombamentos, assaltos, furtos, roubos e quantos delitos outros existem, em todas as modalidades, praticados individualmente ou por quadrilhas, acontecem no Brasil de nosso tempo. Talvez, nunca, jamais, em tempo algum, na República instalada em 1889, houve tanto crime. E não só em São Paulo, Rio de...

Quando o fim (de ano) se aproxima

Postado em 10/12/2012 06h27
Como vem chegando o Natal, faço uma retrospectiva sobre Jesus, um menino que teria nascido em Belém há cerca de dois mil anos e que até hoje, mesmo contando com muitos e muitos milhões de fiéis em todo o mundo, continua incomodando os que nele não creem ou dele divergem. Suponho que sua importância...

Os enganos da sra. Merkel

Postado em 08/12/2012 07h30
Nos jornais e na televisão, está-se acostumado a ver em imagem, em atividade de dar inveja dessa mulher. É Angela Merkel, a primeira a assumir o cargo de chanceler da Alemanha, eleita por uma coligação em 2006. Em 2008, a crise econômica mundial mergulha a nação na maior recessão desde a II Grande...

Decepcionam, mas não surpreendem

Postado em 06/12/2012 05h41
O desencanto com os resultados da economia no terceiro trimestre do ano foi generalizado nas altas esferas do poder, mas não surpreenderam, porque até os energúmenos sabiam que seria aproximadamente como aconteceu e se registrou. A estimativa do PIB do período, que o ministro da Fazenda esperava...

Doyle: o FMI fracassou

Postado em 04/12/2012 06h23
Peter Doyle abandonou o Fundo Monetário Internacional. Não se trata de nome de artista de cinema, possivelmente tampouco de algum parente do acadêmico Fábio Doyle, confrade na Mineira de Letras. De fato, o personagem fazia parte do Fundo, há mais de vinte anos, como economista, até recentemente...

Recuperando o patrimônio

Postado em 03/12/2012 06h38
Certa vez, fiz uma visita a ilustre personagem residente no Rio, ele ex-diretor de banco, casado com uma antiga miss, e que – estimulado por Juscelino, segundo ele – chegara a candidatar-se a deputado federal. Não ganhou. O apartamento, na Vieira Souto, em Copacabana, um luxo! Chamava a atenção o...

A insistência dos criminosos

Postado em 01/12/2012 06h59
Com a empáfia de antes, 24 horas após a liberação do presídio da Papuda, em Brasília, o contraventor Carlinhos Cachoeira afirmou, em tom ameaçador, que iria “colocar os pingos nos ‘is’”. “Vou falar a história toda”. Não houve ainda desfecho da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal, que...

O crime ganha espaço

Postado em 30/11/2012 06h24
As pessoas podem até não dizer, porque temem. Mas a pergunta está na cabeça de todos os brasileiros, possivelmente sem exceção: o país se acha submisso às drogas e aos criminosos hoje espalhados por todos os recantos, desde as agitadas ruas das metrópoles às mais distantes povoações? Nenhum grotão,...

Humanos, mas nem sempre

Postado em 29/11/2012 06h36
O Jornal da Federação Brasileira de Gastroenterologia acaba de publicar interessante artigo do Dr. Joaquim Prado, livre-docente da Faculdade de Medicina da USP e presidente da Sociedade de Gastroenterologia de São Paulo. Afirma ele ter encontrado em muito antiga publicação científica um trabalho...

Quando verbas não faltavam

Postado em 27/11/2012 06h31
Agora que a campanha eleitoral de 2012 é passado, pode-se constatar a imensidão de promessas que continuarão promessas, com o cidadão confiando que, algum dia, elas se consumarão. Enquanto a presidenta – como quer ser chamada – viaja ao exterior, sobra ao eleitorado órfão esperar por dias melhores,...