Direito de morrer, segundo Nava

Postado em 21/01/2013 06h33
Escrevi e publiquei um livro sobre Pedro Nava, que foi prosador, poeta, pintor. Que foi o maior memorialista brasileiro do século passado. Começou tardiamente, se se pode usar o advérbio quanto se conhece a vasta obra que legou. Suicida aos 80 anos, poucos sabiam da vida quanto ele. Seus livros o...

Nomes esquecidos do Independência

Postado em 19/01/2013 08h01
À medida que se desenvolviam as obras no Horto, perguntava-me por que não se falava no nome de Raimundo Sampaio. Ele foi presidente por muitos anos do Sete de Setembro, que disputava o campeonato mineiro de futebol profissional, mas bem distante do clube dos “grandes”: Atlético, Cruzeiro e América....

Saldos negativos do exercício

Postado em 18/01/2013 06h12
Ano novo ou apenas calendário novo? De todo modo, já o estamos vivendo, na esperança muito brasileira de que tudo será melhor, embora a benesse, geralmente só se concretize para aqueles que já dela gozem ou nela vivam. Os mais carentes e infelizes, que esperem. Não ouvi a presidenta (ela quer...

O vestido negro de Marília

Postado em 17/01/2013 06h24
Diz-se que se trata de um romance. Mas Staël Gontijo, baseada na biografia escrita por Alexandre Ibañez, fez mais do que isso. “Marília de Dirceu”, a musa, a Inconfidência e a vida privada em Ouro Preto no século XVIII, é romance na primeira parte e merece ser lido. Mas a partir da página 170,...

Para que serve o Supremo Tribunal

Postado em 15/01/2013 06h11
Apesar da Ação Penal 470, a do mensalão, acredito que muitos brasileiros sequer sabem que existe no Brasil um Supremo Tribunal Federal. Quantos cidadãos terão em casa um exemplar da Constituição? Por quê? Para que? Há um Poder Judiciário, sobre o qual se assenta, ao lado dos dois outros, a...

Saúde não pode falecer

Postado em 14/01/2013 06h27
A disposição na Constituição Federal de 1988 é clara no art. 196: “A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção,...

Virtudes dos advogados

Postado em 12/01/2013 07h49
Possivelmente, nunca na história deste país, jamais, em tempo algum, o Judiciário tem sido acionado tão insistentemente para resolver desentendimentos, arestas, delitos de toda natureza, em âmbito público ou privado. Até certo ponto, demonstração de que a sociedade não mais confia tanto nos...

Romanos, segundo Napoleão

Postado em 11/01/2013 06h40
O lançamento se deu em 29 de outubro, em Brasília. Refiro-me a “Romanos”, o mais recente trabalho literário de Napoleão Valadares, no mesmo local em que, em igual data, em 1982, o autor autografou o seu primeiro livro. Segue, assim, o escritor do Noroeste de Minas a trajetória que elegeu para si, e...

O leão e o funcionalismo público

Postado em 10/01/2013 06h46
O ano começa com novo teto salarial do Serviço Público Federal, a partir da sanção do projeto de aumento pela presidenta, vigendo o reajuste desde 1º de janeiro. Várias categorias de servidores serão contempladas, e ninguém é contra melhorar o ganho daqueles que servem ao cidadão. A questão que...

O guerrilheiro chega às telas

Postado em 08/01/2013 06h34
Exibe-se no país o filme “Marighella”, documentário produzido pela sobrinha do militante comunista, a socióloga Isa Grinspum Ferraz. Ela aparece em foto, ainda criança no filme, abraçado ao tio, que viveu de 1911 a 1969. Ano passado, feria 100 anos, não fora a morte pela ditadura instalada em 1964....

Os temas recorrentes

Postado em 07/01/2013 06h24
  Poderá o leitor observar que ficamos repetitivos, há frequência no enforque de problemas e outras questões aqui examinadas. Não constitui novidade, se consideramos que eles – problemas – e elas – questões – permanecem. No penúltimo dia de 2012, por exemplo, ao apanhar os jornais, verificarmos...

História, ficção e memórias

Postado em 05/01/2013 07h27
Três professoras universitárias do Estado de São Paulo lançaram no ano morto um livro que merece atenção dos meios universitários e literários. Magaly Trindade Gonçalves e Zélia Thomaz de Aquino, de Araraquara, e Zina C. Bellodi, de Jaboticabal, o fizeram sem o anúncio que as boas criações estão a...