Falsa promessa de entrega da carta de crédito no consórcio

Marciano Menezes / 08/08/2017 - 06h00

Em meio à crise econômica e a escassez de recursos, um novo golpe que tem crescido no mercado é o da falsa promessa de entrega da carta de crédito no consórcio em pouco meses. Segundo o coordenador do Procon da Assembleia Legislativa de Minas, Marcelo Barbosa, muitas vezes o consumidor acaba depositando um sinal, ficando sem dinheiro e sem acesso ao bem que pretendia adquirir.

Barbosa lembra que o consumidor, antes de entrar em qualquer consórcio, deve ligar para o Banco Central no 0800 9792345 para obter informações sobre a credibilidade da empresa. “O consumidor não deve acreditar em falsas promessas, assinar contratos e dar sinal antecipado de forma alguma”, alerta, lembrando que nesses casos é necessário denunciar o caso à delegacia de polícia do seu município, já que se trata de estelionato e publicidade enganosa.

Receita Federal

Outro golpe que tem ganhado nova forma é o que envolve o nome da Receita Federal. Segundo Marcelo Barbosa, os consumidores têm recebido em casa pelo Correio uma correspondência com falso timbre do órgão, informando sobre a possível inconsistência de dados bancários, o que poderia levar as pessoas a caírem na malha fina. Para regularizar o cadastro, a carta solicita que o consumidor entre no site http://info2010.x10.mx, onde o estelionatário tem acesso a todos os dados. “Antes o golpe era só pela internet. O consumidor que receber essa carta deve desconsiderar e fazer a denúncia na Delegacia do Consumidor, que funciona na rua Martim de Carvalho, 94, no bairro Santo Agostinho, em Belo Horizonte”, enfatizou.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários