Circuito Cultural Orla da Pampulha

Professor Wendel / 12/03/2018 - 06h00

Foi aprovado em 2º turno na Câmara Municipal meu Projeto de Lei 1929/2016, que cria o “Circuito Cultural Orla da Pampulha”. Este prevê eventos culturais como apresentações musicais, teatrais, entre outros, em toda extensão da orla da Lagoa da Pampulha, durante 24 horas, uma vez por ano, de preferência no primeiro semestre. Algumas pessoas me questionaram porque a Pampulha e expliquei que lá é uma importante área de nossa cidade e que recebeu o Título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

Sempre que passo pela Lagoa vejo pessoas se exercitando, outros contemplando a paisagem, crianças com seus brinquedos. Um dia fui levar minha filha para assistir uma peça infantil no Parque Ecológico e fiquei pensando em todas essas imagens da Pampulha e no título que ela recebeu com destaque para a cultura. Veio então a ideia do projeto, que agora segue para o Executivo e torço para que seja sancionado.

Como membro da Comissão de Educação e Cultura, busco valorizar a vocação cultural da Pampulha. Afinal, ela é um ícone em nossa capital, mas que não deve se perpetuar apenas na inventividade de seus idealizadores, como Oscar Niemeyer, Burle Marx, João Ceschiatti, Cândido Portinari e outros.

Um símbolo para continuar tendo significado precisa ter em todos os tempos pessoas dispostas a lutar por sua manutenção e desenvolvimento. Belo Horizonte tem muitas pessoas que produzem arte do mais alto nível e assim, ao redor da Lagoa, vão perpetuar o objetivo dos grandes criadores da Pampulha, que é o de espalhar arte e cultura no local, agora reconhecido internacionalmente.

Os eventos culturais e criativos têm sua importância concentrada em alguns pontos: valorização da cultura e criatividade locais, ambiente de descontração e desaceleração da vida cotidiana, geração de receita e incentivo ao desenvolvimento econômico local.

Pesquisas apontam que a cultura de uma cidade também é responsável por atrair olhares e pessoas para ela. Eventos culturais têm o poder de literalmente promover uma cidade. Os exemplos são muitos, como grandes festivais de cinema, música e outros. Agora, quem sabe podemos promover um grande evento cultural na orla da Lagoa, uma vez por ano, que se incorpore ao próprio cenário de cultura da Pampulha e que possa se tornar uma referência e atrativo para público de muitas localidades? É como disse Oscar Niemeyer: “A gente tem que sonhar, senão as coisas não acontecem”.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários