"Entre batons e crayons"

Professor Wendel / 27/11/2017 - 06h00

A literatura e as pesquisas demonstram que brincar tem três grandes objetivos para as crianças: o prazer, a expressão dos sentimentos e a aprendizagem. Também comentam que brincar é fundamental para a criança, porque funciona como um ensaio sobre o mundo, desenvolve e amplia suas percepções. Para os pais, brincar com os filhos é um momento de formar vínculos, reforçar a participação, afetividade e o companheirismo e até mesmo de soltar um pouco a imaginação. Para os estudiosos do assunto, na atualidade, a tecnologia transformou o mundo das crianças, trazendo brinquedos que não exigem a criatividade. Hoje, as crianças passam a maior parte do tempo em frente à televisão, computador ou com brinquedos eletrônicos que não exigem esforço nenhum, que levam a criança a brincar sozinha, não promovendo uma maior socialização com outras crianças. Antigamente as crianças não tinham tantos brinquedos como as de hoje e por isso, inventam seus próprios brinquedos com madeiras, latinhas, sucatas e com isso, criavam e recriavam a todo momento.

Faço esta introdução para falar em um trabalho muito criativo de duas mães que estão criando vários brinquedos reciclados para suas filhas pequenas e os resultados são muito positivos. No começo, resolveram sentar com as filhas para criar brinquedos de papelão e outros materiais recicláveis, estimulando também a coordenação motora fina das crianças. Elas me contaram que a ideia surgiu após observações como quando as filhas ganhavam algum brinquedo, muitas vezes se encantavam mais com a caixa do que propriamente com o conteúdo. Então, pararam de comprar brinquedos nas lojas e passaram a produzi-los com caixas, como carros, casinhas, navios, telefone sem fio com latas, teatros de fantoches e outros. E assim, começaram a mostrar o produto para outras mães amigas. O sucesso foi tanto que criaram o Instagram “Entre Batons e Crayons” e em poucos meses já tinham mais de 8 mil seguidores e muita gente pedindo uma página no facebook, que já está no ar com o mesmo nome do instagram. E agora, quinzenalmente serão blogueiras da Revista Canguru, escrevendo sobre infância e os brinquedos.
Comento sobre esta ideia das mães e suas brincadeiras criativas, porque sustentabilidade e criatividade devem ser estimuladas sempre. Em artigo anterior falei sobre as cidades criativas e ao comentar este assunto hoje, estamos destacando mais um aspecto importante das comunidades criativas de Minas, que aumentam e surpreendem cada vez mais. 

 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários