Cleptomania

Postado em 22/10/2015 07h25
A cleptomania é uma doença psiquiátrica, caracterizada pela necessidade incontrolável de furtar objetos. Uma doença difícil de ser compreendida e que gera muita curiosidade, principalmente acerca do porquê desse comportamento. Não há uma explicação lógica. Se perguntado, nem mesmo o próprio...

Timidez e fobia social

Postado em 15/10/2015 07h23
Muitas pessoas se queixam de sentir vergonha, insegurança e timidez. Sentem-se prejudicadas por estes sentimentos limitantes e querem deixar de senti-los. Timidez é uma vergonha que inibe o indivíduo de interagir ativamente como ele gostaria. Um mecanismo de defesa que visa reduzir qualquer...

Por que não consigo colocar meus planos em prática?

Postado em 08/10/2015 07h17
“Me acho muito preguiçoso”, “deixo tudo para a última hora”, “não consigo realizar as coisas que planejo”, “não consigo fazer dieta”. Queixas como essas geralmente vêm de pessoas que não estão satisfeitas com sua conduta. Fracassam nas metas que estipulam para si e embora saibam o que deveriam...

Prestando atenção aos sinais da depressão

Postado em 01/10/2015 08h28
“Eu tenho depressão. Pode não parecer pelas minhas fotos nas redes sociais, ou quando estou em festas sorrindo com amigos ou fazendo graça, mas ela está lá sempre presente. Me finjo de feliz para não ser criticado, mas só eu sei o tamanho da tristeza que mora dentro de mim”. (relato de um paciente)....

Entre a fantasia e a perversão

Postado em 24/09/2015 08h12
Muitas pessoas perguntam qual o limite entre a fantasia sexual e a perversão. As fantasias são práticas que contribuem para a obtenção de prazer sexual, alimentam a imaginação e aguçam o desejo. Realizar a fantasia do parceiro requer intenção recíproca para que seja saudável para a relação e...

Pais sem vocação para paternidade

Postado em 17/09/2015 07h48
A dinâmica da vida moderna, cheia de compromissos somada ao baixo nível de afetividade, faz com que alguns pais considerem como desafio aquilo que, na verdade, deveria ser um pré-requisito para se ter um filho: presença e participação na vida deles. A ausência dos pais na infância pode afetar...

Na minha época, a vida era melhor

Postado em 10/09/2015 07h57
“Antigamente, as coisas eram melhores. As músicas tinham mais poesia, as pessoas eram românticas, a vida era mais fácil. Não existia celular, por isso. as pessoas se olhavam nos olhos, brincávamos na rua, pois não havia essa violência de hoje em dia. Ah! Na minha época...”   Lamentações dessa...

Por que há tanta dificuldade em dizer ‘não’?

Postado em 03/09/2015 07h16
São muitas as pessoas com dificuldade em dizer o que pensam, expor seu ponto de vista ou dizer um “não”. Exemplos não faltam: um amigo que convida para um aniversário ao qual você não está com a mínima vontade de ir; um convite para ser padrinho/madrinha de casamento ou do filho; um parente que pede...

A arte da convivência

Postado em 27/08/2015 06h55
Se relacionar nunca foi algo fácil. A convivência é fonte geradora tanto de prazer quanto de brigas. Um bom exemplo é o ambiente familiar. A dificuldade de conviver em família parece ser um problema generalizado. Certa vez, um professor me disse que deveríamos tratar os familiares com uma certa...

Estado civil: Solteiro

Postado em 20/08/2015 08h19
Se antigamente casar era praticamente uma obrigação social, hoje em dia as coisas não são mais assim. Ser solteiro não é mais tão ruim quanto nossos pais tentavam nos convencer. Muitas vezes, nem eles mesmos acreditavam nisso. Foram convencidos também e não tinham como lutar contra a imposição que...

Vocação para ser infeliz

Postado em 13/08/2015 09h49
É interessante observar a vocação que a maioria das pessoas tem para a infelicidade. A possibilidade de ser infeliz acena muito mais veemente que a felicidade. É como se para ficar bem fossem necessários cinco braços para levantar, enquanto para ficar mal basta um dedo para derrubar. Mas de onde vem...

Um pouco sobre o narcisismo

Postado em 06/08/2015 07h53
O termo Narcisista tem sua origem na Mitologia Grega, onde Narciso era famoso por sua beleza e seu orgulho. Se sentia tão perfeito que nunca encontrou ninguém merecedor de sua perfeição. Permaneceu imóvel na contemplação apaixonada e ininterrupta de sua própria face refletida na água, e assim...