Essa estranha mania de ter fé na vida

Postado em 13/04/2018 12h56
Enquanto escrevo essas linhas, encaro o pôster do Cruzeiro campeão de 2018, encartado na edição de segunda-feira do jornal. Ele faz companhia a outro, já meio amarelado, do dia 28 de setembro do ano passado, que celebra nosso penta na Copa do Brasil. Há muito cultivo esse hábito, de guardar as fotos...

A vida é desafio, a vida é loka

Postado em 06/04/2018 06h00
Um dos meus discos favoritos em todos os tempos é “Nada Como Um Dia Após o Outro Dia”, obra-prima dos Racionais MC´s. Muito além de sua força lírica (Mano Brown é um dos maiores letristas da música brasileira, desde sempre) e dos beats inesquecíveis depositados no álbum, reside ali uma espécie de...

Não é mais uma revolução- mas ainda é um clássico!

Postado em 30/03/2018 06h00
Clássico é clássico e vice-versa. Clássico existe para dar contornos às rivalidades esportivas que são eternas, sagradas, intocáveis. Não à toa, ganha este nome pomposo. Fato que, depois dos 6 a 1, depois da era Adílson Baptista, nos habituamos– nós, que temos bi-campeonatos de vários torneios– a...

A difícil arte de escrever sobre futebol

Postado em 09/03/2018 13h51
Hoje a coluna assume um tom diferente, para falar de, bem, tom. Quem teve um bom último domingo de manhã (BELLUCCI & MARCOS, 2016), sabe que voltar ao jogo é apenas tentar recuperar a magia de superar os rivais, diante de todo aquele contexto. Falar de Campeonato Mineiro 2018 é tão simples que...

Libertadores ainda que tardia- Capítulo 2

Postado em 27/02/2018 06h00
Como diz o (esquisitíssimo, vamos combinar) ditado: chega o carnaval de 2019, mas não chegava o dia de hoje. Haja jogos do Mineiro para servir de calmante- paliativo- para nossa ansiedade. Pois bem: hoje chegou. Quando o Cruzeiro entrar no campo minado do Estádio El Cilindro em Avellaneda, na...

Os feios que me perdoem, mas beleza é fundamental

Postado em 16/02/2018 17h14
Nada como inaugurar– e ao mesmo tempo respeitar –uma tradição logo no começo do ano, início de temporada. Campeonato mineiro é, tradicionalmente, aquele remédio genérico, meio paliativo, para curar a imensa ausência que é ficar sem ver o Cruzeiro jogar durante alguns dias em dezembro e janeiro....

Já é carnaval para o time do povo

Postado em 02/02/2018 06h00
De repente, na tarde desta quinta-feira, escuto aquela voz vindo do nada: “ADEMG informa: o provável público pagante para o jogo Cruzeiro X América, no Mineirão, este domingo, pode ultrapassar as 50 mil pessoas!”. De outro nada, a conhecida voz do Tião das Rendas me confirma: “É isso mesmo colega!...

Pequena parábola sobre a dificuldade de fazer gols

Postado em 26/01/2018 15h35
Começamos com uma espécie de parábola. Um sujeito passou um tempão cortando o mato, despejando litros de suor no chão, para construir uma longa estrada e, depois disso, celebrar o mérito diante da empreitada, justamente ao poder usar a tal da estrada.    Aí, chega um outro sujeito,...

O temível Oba Oba Futebol Clube

Postado em 12/01/2018 06h00
Cervejas rolando no 80, ali na Savassi, aquela saudável sociabilidade de verão, e encontro com o músico Hebert “Tambor” Almeida, bamba que toca em bandas como Manobra, Pelos, Nobat e  ainda em seu projeto solo Negro  Amor. Mais importante: é celeste juramentado e companhia para ótimas...

O presente que podemos dar

Postado em 05/01/2018 14h53
Semana de aniversário: 97 anos muitíssimo bem vividos para o maior de Minas. Ao se aproximar de seu centenário, o Cruzeiro segue escrevendo páginas heróicas, imortais, das quais sempre temos que nos lembrar; para confirmarmos do que somos feitos.  Somos o jovem Tostão batendo bola no IAPI na...

Bem vindo de volta, Frederico

Postado em 29/12/2017 13h30
Hoje começamos esta coluna com um filminho deprê. O ano é 1999, e estamos todos de ressaca pela quantidade de vices-campeonatos no ano anterior (Brasileiro, Copa do Brasil e até uma maldita Mercosul). Ainda assim, temos mais um dos belos times celestes montados nos anos 90, desta vez liderado por um...

O pior cego é o que só vê a bola (e perde a dança)

Postado em 22/12/2017 06h00
A coluna desta semana deveria, naturalmente, tratar do esperado sorteio de grupos da Libertadores da América, que aconteceu na quarta-feira e nos “premiou” com adversários do quilate do argentino Racing e da Universidad do Chile. Seria o segundo capítulo da série “Libertadores Ainda Que Tardia”, que...