A horta da cidade

Tio Flávio / 20/04/2018 - 06h00


Ter uma horta em casa é um privilégio, que hoje não está tão distante da realidade de apartamentos das grandes cidades. Podem ser usados vasos pequenos e adaptá-los aos espaços, comprando, inclusive, mudas para o cultivo. Mas, para as pessoas que não têm esse tempo e querem também desfrutar de uma alimentação saudável, há algumas hortas que se dedicam à plantação limpa, sem produtos tóxicos.

Em Belo Horizonte há o George Lucas, agricultor urbano e criador do projeto “Fábrica de Hortas”, que viu a necessidade de levar um modelo de horta urbana para os todos os bairros de da capital mineira, visando alimentação saudável, conscientização ambiental e geração de empregos. Mas a ideia não parou por aí, ele decidiu tirar do papel outra ideia, “A Horta da Cidade”, no Bairro Santa Lúcia, e que em breve estará no Buritis. Trata-se de uma iniciativa local e eco social, que busca transformar a capital mineira em uma cidade mais consciente e sustentável. Segundo George, “na horta colhemos tudo na hora e fresquinho, que vem diretamente da terra, sem agrotóxicos, para uma alimentação mais natural. Oferecemos também a coleta de resíduos orgânicos residenciais”. 

E olha que legal esse clube criado pelo projeto: com uma assinatura mensal de 40 reais para a aquisição de 2 baldinhos, os resíduos são recolhidos 1 vez por semana e destinados ao ponto de compostagem, onde é transformado em adubo orgânico, retornando para nutrir a horta. A ação torna possível diminuir o impacto causado tanto pelo desperdício de comida, como também fazer a reciclagem dos resíduos orgânicos urbanos gerados por domicílios, que é um dos principais problemas ambientais das grandes cidades. 

 Fábrica de Hortas é hoje um dos projetos residentes do Naação, um espaço que inspira e fomenta o empreendedorismo social e boas ideias e práticas para um mundo mais humano, sustentável, criativo e com soluções práticas. Por meio da parceria com o Sebrae, vários projetos estão sendo orientados .
Como acredita George Lucas e um tanto de outras pessoas que vislumbram uma sociedade mais saudável, com a horta urbana e a compostagem é possível criar um ciclo sustentável. Conheça mais sobre o projeto nas redes sociais @ahortadacidade.

 


 

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários