Bom na bola, bom na vida

Tio Flávio / 04/08/2017 - 06h00

Tio Flávio* 

Um certo dia ouvi falar do Karlinhos, que tinha um projeto social em que usava o esporte para dar novas perspectivas de vida a crianças e jovens em periferias. Não tive dúvida que teria que conhecer o trabalho que ele desenvolvia. O projeto “Bom na bola, bom na vida” acredita nas pessoas, no poder do esporte para ajudar na educação de crianças e jovens e na atuação preventiva para formação de cidadãos mais humanos, conscientes e responsáveis.

Acontece por meio da oferta gratuita de oficinas esportivas (futsal, futebol de campo e brevemente atletismo), atividades lúdico-pedagógicas (jogos e resgate de brincadeiras), educativas, de educação ambiental, cidadania, campanhas de solidariedade e outras, especialmente na região Oeste de BH (Bairros Buritis, Salgado Filho, Conjunto Estrela Dalva, Barreiro, Comunidade da Ventosa), mas que pode ser replicado em qualquer localidade do país, apenas fazendo-se os ajustes necessários para que se a outros projetos sociais, grupos de dependentes químicos, refugiados, dentre outros. 

O “Bom na bola” atua, também, com futebol feminino (futsal e futebol de campo), para-atletismo com apoio para Dores Fernandes Leite (Corrida da Pampulha, São Silvestre e outras), ações com creches e asilos. As atividades são planejadas com carinho e amor, já que os voluntários sempre procuram fazer o melhor possível para superar a expectativa dos participantes (estimativa para 2017: acolhimento de 500 crianças e jovens).

Todo esse trabalho, feito com muita garra, tem o apoio de parceiros como  Associação de Moradores do Bairro Buritis, Prefeitura Municipal de Belo Horizonte (Fundação de Parques Municipais e  Secretaria Municipal de Esportes e Lazer), Rede Sesc, Cemais, Fundamig,  Coordenação Especial de Prevenção à Criminalidade,  Setor de Fiscalização de Penas Substitutivas,  Instituto Jurídico para Efetivação da Cidadania, D’Castro Informática, Gaia Contadores, Number One Buritis e Barreiro, Gaia Eventos, escolas públicas, asilos e outras instituições. 

Para conhecer mais, ajudar e acompanhar as atividades de todos os núcleos do projeto, acesse. facebook.com/bomnabola e www.bomnabolabomnavida.com.br.

(*) Palestrante, professor, autor de livros e idealizador do Tio Flávio Cultural

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comentários