O pôr do sol no hotel 6 estrelas Palácio Tangará, na zona nobre de São Paulo, foi o cenário escolhido para a Iódice apresentar sua coleção Verão 17/18, que celebra os 30 anos da marca e o tema Tropical Art. O desfile foi o primeiro do calendário oficial da São Paulo Fashion Week, que vai até o dia 31 de agosto.

Transmitir a leveza da estação mais quente do ano parece ter sido o objetivo da equipe de criação da Iódice. A sensação foi passada tanto pelos tecidos fluidos, como o cetim de seda e o crepe, quanto pelas cores escolhidas para a cartela da temporada: verde horizon, azul nuvem, off white e bege foram predominantes com pinceladas de mostarda, azul náutico e corumbá.

A fluidez dos tecidos ganhou ainda mais movimento com a aplicação de franjas, costuras em locais estratégicos, assim como recortes e assimetria. Além das estampas geométricas. Tudo isso contribuindo para uma silhueta harmônica.

O "it" da coleção, que não poderia faltar à Iódice, foi, sem dúvida, a mistura de texturas, uma tendência apontada pelos estudiosos do assunto.

A grife trouxe renda, cetim, paetê metalizado e vinil em uma só composição, por exemplo. Em outras peças, apenas dois ou três texturas.

Plus

Acompanhando as peças, bolsas tricolores com alças em macramê, botas bicolores nos tons da estação e sandálias em couro recortado.

Uma parceria com a Chilli Beans deu vida, ainda, a óculos que acompanham a geometria das estampas.

Uma coleção contemporânea e totalmente usável, da passarela para as ruas. 

Desfile Iódice SPFW N44

Leia mais:

SPFW começa neste domingo e vai movimentar o mundo da moda; mineiros estão no line-up

Alexandre Herchcovitch leva funk ao Theatro Municipal

Modelo que mora em comunidade carioca é uma das apostas da SPFW