Projeto veterano em Belo Horizonte, o Décor Solidário, que reúne profissionais de design, arquitetura e engenharia para revitalizar instituições beneficientes, este ano tem novidade. Pela primeira vez, o grupo irá ajudar uma casa voltada para pessoas com deficiência e que ainda está nascendo. 

Escolhido para a edição 2018, o Instituto Viva Down tem como público-alvo famílias com crianças portadoras de Síndrome de Down. A casa, localizada no bairro Cidade Nova, região Leste de BH, terá a estrutura readequada para oferecer uma série de atividades dentre elas oficinas culinárias, aulas de música, arte e expressão coporal.

Criada em dezembro do ano passado, a instituição só conseguiu um "lar" em abril último, motivo pelo qual o grupo do Décor Solidário corre contra o tempo para concluir as obras. Coordenadora do projeto, que nasceu em 2015, a designer de interiores Fabiana Visacro comemora a escolha dessa edição. "Estamos muito orgulhosos da trajetória de cinco anos e não poderia haver um encontro mais feliz para celebrar a data. Afinal, participamos do nascimento do instituto, oferecendo a possibilidade de o projeto acontecer", afirma.

Histórico

Em 2014, na primeira edição do Décor Solidário, o grupo de profissionais repaginou a sede do Lar de Idosas Santa Tereza e Santa Terezinha, no bairro Santa Tereza, região Leste da capital. No ano seguinte, a instituição escolhida foi o TJ Criança Abriga - de proteção a crianças em situação de risco social e/ou pessoal. 

Em 2016, a instituição selecionada foi a Casa Abrigo Sempre Viva, no bairro Floresta. E, no ano passado, a reforma contemplou o Centro Cultura Meninas de Sinhá, no bairro Alto Vera Cruz. 

Ajuda

Idealizado pela designer Fabiana Visacro em parceria com a Mão Dupla Comunicação, o projeto seleciona candidatos e elege um estabelecimento por ano onde são feitas pequenas intervenções, readequações estruturais ou ainda uma repaginada completa no visual dos ambientes. 

Quem quiser ajudar o projeto, 100% voluntário, pode doar materiais e produtos de arquitetura e decoração.

Para o projeto do Instituto Viva Down, são necessários:

  • 5 latas de massa corrida
  • 5 latas de tinta epóxi para piso
  • 5 latas de tinta epóxi para portas
  • 1 lata de tinta lousa
  • 5 latas tinta branco neve
  • 4 ventiladores de teto
  • Grades de proteção
  • Marcenaria
  • Mobiliário
  • Tapete
  • Espelho
  • Acessórios banheiros
  • Assentos sanitários
  • Box para banheiro
  • Luminárias

Leia mais:

Arte solidária: voluntários de BH revitalizam imóveis de instituições sociais