SÃO PAULO (SP) - A Samsung tem feito um esforço grande para se estabelecer no mercado de notebooks. Nos últimos anos o fabricante sul-coreano tem buscado oferecer uma linha mais diversificada e com melhor qualidade que os primeiros portáteis que chegaram ao mercado há cerca de seis anos. Modelos como Odyssey e Sytle acabam de receber uma nova linha, com hardwares mais robustos e recursos práticos para facilitar o upgrade e prolongar a vida útil dos laptops.

Ao todo são cinco novos aparelhos que se posicionam em diferentes searas do mercado de notebooks. São aparelhos que partem de R$ 1,8 mil e podem superar os R$ 10 mil. As versões de entrada Essentials e Expert chegam para ocupar a base da linha. São máquinas de configuração mais modesta, com 4 GB de RAM, HD de 500 GB e processador Intel Celeron. 

No entanto, podem ser configurados com chips Core i3, i5 e até mesmo o todo poderoso i7, além de permitir melhorias posteriores. A grande sacada da marca foi disponibilizar escotilhas para acessar os pentes de memória RAM e unidade de armazenamento, sem a necessidade de remover toda a tampa do notebook. Assim, é possível substituir o HD original por uma unidade maior, ou até mesmo por uma unidade sólida (SSD), tal como expandir as memórias para até 12 GB de RAM.

Style S51 Pro
Um degrau acima, está a linha Style. Com chassi em metal, a máquina com tela de 15 polegadas pesa apenas 1,3 quilo e menos de 2 cm de espessura. O aparelho ainda conta com sistema de recarga rápida, leitor de impressões digitais (como nos saudosos IBM Thinkpad de uso corporativo), gravador de voz, com redutor de ruído, dentre outras funções exclusivas. Sob a carcaça o Style S51 Pro conta com processador Intel Core i7, SSD de 256 GB, placa de vídeo Nvidia GeForce MX 150  e 16 GB de RAM. É uma configuração que entrega excelente performance, mas o preço assusta: R$ 8.999.

Style S51 Pen
O notebook 2 em 1 da marca sul-coreana evoluiu. Além de girar a tela sensível, de 13,3 polegadas, em 360º e funcionar como tablet, o S51 Pen, como o nome já indica, também conta com caneta S Pen, que permite transformar o aparelho numa prancheta de anotações e desenho. O modelo também conta com chassi de metal, reconhecimento facial Windows Hello, processador i7. O preço sugerido é de R$ 8.499. A versão S51, sem a função de giro da tela, sensibilidade ao toque e caneta S Pen, sai por R$ 7.499.

Odyssey Z
A segunda geração do notebook gamer da Samsung chega com novidades expressivas, que integram aos interessantes recursos da linha de alto desempenho. O Odyssey Z teve o layout do teclado redesenhado justamente para facilitar a jogabilidade. Teclado e touchpad foram deslocados para a base do aparelho e ficam lado a lado. Assim ele oferece posição das mãos semelhante ao de um teclado e mouse de desktop. 

Além de facilitar o manuseio e evitar que pulso esbarre na superfície sensível ao toque, os engenheiros conseguiriam afastar os comandos das partes que mais esquentam na máquina, que é o processador e os agregados à placa mãe. O problema é se o gamer for canhoto!

A máquina manteve o sistema de refrigeração AeroFlow, que é uma espécie de exaustor de cozinha. Duas ventoinhas sugam o ar por uma tela na base do chassi e o faz circular pelo interior do notebook, até sair pela parte de trás da máquina. 

A configuração do Odyssey Z também impressiona. Além do i7, ele conta com placa Nvidia GTX 1060, SSD de 512 GB e superlativos 24 GB de RAM, que permitem que o notebook rode games pesados com excelente performance. E por fim, ele ainda conta com botões especiais para gravação do gameplay, compartilhamento e a função Beast Mode, que reduz o desempenho das funções secundárias e redireciona memória para a função para o game.

Com uma carcaça metálica, o Odyssey Z chega ao mercado em julho, quando seu preço será anunciado. Não se assuste se superar os R$ 10 mil.