Os dias mais quentes do ano já começaram. Com a chegada do verão, está oficialmente aberta a temporada de praia e piscina. Para curtir a estação, o tradicional biquíni de sutiã cortininha com calcinha pequena, que deixa a marca desejada durante o ano todo, continua sendo produzido pelas marcas. No entanto, a cada temporada que passa, as peças vão ficando mais cheias de estilo, cortes e modelos que fogem ao clichê. Tem para todo gosto.

“Hoje, as pessoas têm consciência dos malefícios do sol. O conceito de praia não é mais para as interessadas em buscar a marquinha, há realmente uma procura por modelagens diferenciadas”, destaca Tetê Vasconcelos, estilista das marcas mineiras TT Beachwear e Cila.

A preocupação com a saúde e o bem-estar vem aliada à libertação dos clichês, acredita a consultora de imagem e estilo, Laís Urizi. “A mulher agora tem muito mais liberdade, abertura e autoconfiança para usar e abusar do que quiser em todos os momentos. Acho que além de procurar pelo estilo, que vem crescendo muito, existe também a busca por ser quem ela é”, observa.

5.jpg

Para a prática de esportes náuticos, top da Hope dá sustentação inclusive para aquelas com seios maiores

Propósito

Nessa tentativa de imprimir personalidade inclusive na moda praia, saem ganhando os modelos mais diferenciados. “Percebo uma maior abertura em conhecer o propósito de um modelo que pode ter sido pensado para ter usos diversos, ser versátil, ter múltiplas formas de amarrar”, afirma Tetê Vasconcelos.

A estilista chama a atenção, por exemplo, para a ressignificação do maiô que, atualmente, faz as vezes de body e pode sair das areias e invadir um ambiente festivo de uma noite de verão, se acompanhado de uma saia, calça ou shorts.

Sem limitações

A peça deixou, há tempos, de ser apenas uma opção para quem quer esconder partes do corpo com as quais não se sente confortável. No cenário atual, mulheres com os mais variados formatos de corpos aderiram ao maiô. “Hoje, temos visto muitos modelos com recortes – nas laterais, principalmente– babados, manga longa e trançados”, coloca Laís Urizi.

A consultora de imagem e estilo lembra que não há uma limitação de modelos para cada formato de corpo, e sim os adequados para o que cada mulher deseja mostrar, esconder e para como se sente. “Existem truques que podem ajudar na questão do equilíbrio visual, de acordo com cada necessidade”, ensina a especialista.

Veja nas legendas das fotos quais estratégias de imagem os modelos que aqui estão são adequados.

SUT221-CAC060 (7).jpg

Em alta há alguns verões, as hot pants são excelentes para quem não quer mostrar muito e nem usar maiô; nesse conjunto da Cila, peça aparece com parte de cima em modelo nadador

0P19YZFI.jpg

Top da TT Beachwear permite diversas amarrações e pode ser usado como cropped fora do ambiente de piscina e mar

0P19Z0GI.jpg

Maiô da Cila, de um ombro só, é body perfeito para outras ocasiões

0P19YZRI.jpg

Para as mais antenadas, a mistura de veludo e crochê do conjunto da TT Beachwear é o que há em termos de fashionismo

0P19Z06I.jpg

Camisa da Cila é saída de praia e pode ser usada, também, durante o dia ou mesmo à noite, com a combinação certa, em ambiente descontraído

MAT021LAT.jpg

Modelagem da peça da TT Beachwear tem máxi cava na lateral e detalhe nas alças; costura nas costas dá volume ao bumbum 

0P19YZMI.jpg

Modelos ombro a ombro (tipo ciganinha) são excelentes para quem tem ombros menores; peça da TT Beachwear tem detalhe estiloso nas costas

0P19Z09I.jpg

Cropped de manga longa da Cila imprime conforto e proteção para aquelas que têm o costume de surfar

Lavagem das peças

Por conta da maresia, do protetor solar e dos produtos químicos utilizados no tratamento das piscinas, como o cloro, os biquínis, maiôs e outras peças de beachwear desgastam com grande facilidade. 

É essencial lavar o vestuário de moda praia logo após o uso, garante a especialista em cuidados têxteis da rede de lavanderias 5àsec, Marinês Cassiano. 

“Estamos falando de peças delicadas produzidas, em sua grande maioria, com elastano que garante elasticidade e mais resistência. Depois que voltar da praia ou da piscina, recomendo que lave tais peças manualmente, em água fria e com sabão neutro. É importante não guardá-las úmidas, pois isso pode promover a proliferação de fungos e bactérias, além de estragar o tecido”, revela.