#PostHD Conteúdo Patrocinado

Há tempos ela deixou de ser unanimidade só entre homens para se tornar escolha também das mulheres. Clara, escura, forte ou fraca, não importa, há sempre uma cerveja perfeita para o paladar feminino. Em Nova Lima, a 25 quilômetros da capital mineira, mais do que ser somente degustada, a bebida preferida do brasileiro passou a ser produzida pelas mãos do “sexo frágil”. 

Apaixonada pelo universo cervejeiro, a proprietária da Cervejaria Brücke, Fabiana Bontempo, imprime nos rótulos que cria mais do que sabores únicos e até inusitados: a identidade do que gosta de saborear. O objetivo, afirma a empresária e mestre-cervejeira, é difundir a cultura da cerveja artesanal e, claro, derrubar o mito de que cerveja não é coisa de mulher. 

Dentre as receitas criadas por ela, uma das poucas mulheres de Minas que mantém a paixão como ofício, está a Siciliana, carro-chefe da marca, uma american wheat com perfume cítrico de limão, leve e refrescante na medida. “É aveludada e tem perfil bem suave, pois leva um lúpulo chamado Vic Secrets, com notas de abacaxi e morango”, detalha, reforçando o sucesso da receita entre as mulheres. 

Fabiana está à frente da Brücke desde a inauguração, há 3 anos, ao lado de Vinicius Lorenzetto. Para completar o time titular da cervejaria: Mix-It-IPA – de tom acobreado, sabor frutado e aroma de mexerica e maracujá; a APA Lanikai – notas marcantes cítricas e florais; english Pale Ale London Calling, cuja característica mais marcante é o blend de maltes com toque de caramelo e toffee.

Este fim de semana, a cervejaria de Nova Lima lança um rótulo novo, edição limitada, durante a Feira Experimente, no Jardim Canadá; em outubro, será a vez de uma cocriação, mantida sob segredo, com Rafael Reis, da Cerveja dos Reis

Time reserva

Entre as reservas, Zamora e Passion, desenvolvidas em parceria com amigos que produzem em casa o melhor da cerveja artesanal. Os rótulos chegam ao mercado como resultado do Brücke Experience Project – trabalho em conjunto entre amigos homebrewers e a cervejeira. “Brücke em alemão significa ponte e é isso que fazemos. A ideia é desenvolver uma cerveja em parceria com amigos cervejeiros, sem a preocupação do baixo custo. Cervejas realmente fora da curva de mercado, de extrema qualidade. Cervejas muito especiais”, explica Fabiana. 

A cervejaria de Nova Lima produz 3.500 litros da bebida por mês e o objetivo é aumentar o estoque com ao menos um rótulo novo a cada mês. Este fim de semana, a novidade é a Session IPA Summertime, edição limitada que será apresentada na Feira Experimente, no Jardim Canadá, em Nova Lima. Em outubro, a novidade, ainda segredo, ficará por conta de uma cocriação com Rafael Reis, da Cerveja dos Reis.

Serviço:

Cervejaria Brücke
Alameda Terra, 599 – Ville de Montagne – Nova Lima/MG 
www.cervejariabrucke.com
cervejabrucke@gmail.com
Facebook.com/cervejariabrücke
Instagram.com/cervejariabrucke

Leia mais na coluna de Rafael Reis, da Escola Experimente:
A combinação de limão siciliano com lúpulos americanos deixa a bebida frutada e cítrica