A Polícia Civil (PC) apresentou, nesta segunda-feira (11), detalhes da investigação que levou à prisão de Lady Pereira Rodrigues. A corporação realizou na última quinta-feira (7) uma operação para o cumprimento de mandado de busca e apreensão na residência da suspeita, de 36 anos. Na ocasião a mulher foi presa em flagrante por receptação de aparelhos celulares.

De acordo com a Polícia Civil, a investigação apontou Lady Pereira Rodrigues como a mentora da associação criminosa de furto à celulares, assumindo papéis relevantes para o recebimento e destinação dos aparelhos furtados.

Segundo a investigação da PC, a suspeita ligava para as vítimas dos furtos se passando por policial civil, com a finalidade de conseguir a senha de desbloqueio dos telefones.

Durante o cumprimento dos mandados foram apreendidos notebooks, agenda, documentos e aparelhos de telefone celular.