Um investigador da Polícia Civil atirou contra a própria cabeça logo depois de assassinar a companheira na noite de sábado (9), em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O crime aconteceu durante uma festa na casa de um amigo do casal, no bairro Casa Grande.

Cássio Barbosa de Souza, de 45 anos, chegou a ser resgatado com vida e foi encaminhado em estado grave para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na capital mineira. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 10h deste domingo. 

A motivação do crime ainda é desconhecida. A Polícia Civil vai investigar o caso.