Não deu para os outros candidatos, e com grande vantagem na ponta, André Merlo (PSDB) foi eleito prefeito de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, na tarde deste domingo (2). Após o Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) totalizar a apuração no município, o tucano atingiu mais de 80% dos votos válidos e, assim, comandará a cidade entre 2017 e 2020. 

André Merlo recebeu o apoio de 106.905 eleitores, e ficou à frente dos concorrentes de forma absoluta. Ricardo Pedrosa (PEN), o segundo colocado, recebeu apenas 14.167 votos (10,64%), e foi seguido do petista Glêdston Guetão (9.752 votos, 7,39 dos votos válidos) e Kenned Prefeito (PRP), com 1.115 votos recebidos (0,85%). 

153.241 eleitores comparaceram às urnas neste domingo em Governador Valadares. A abstenção na cidade atingiu quase 25%, com 50.552 eleitores ausentes no dia da eleição. Os votos brancos foram inferiores a 5% (7.015 votos) e os nulos atingiram 9,32%, com 14.287 anulações nas urnas.

Na apuração final, estabeleceu-se como votos válidos o número de 131.939 (86,10%).

Histórico 

Em Governador Valadares, dois, dos quatro candidatos, precisaram de recursos judiciais para participarem da eleição. Glêdston Guetão (PT) está no segundo mandato como vereador no município e teve o nome citado na Operação Mar de Lama. O outro candidato que teve que garantir a permanência na pleito na justiça, Ricardo Pedrosa (PEN), já ficou foragido por ter feito boca de urna nas eleições de 2014 para deputado federal.