#POSTHD Conteúdo Patrocinado

Você sabe o momento correto de comprar pneus novos para o carro? Muitos motoristas acreditam que a hora da troca é quando os sulcos diminuem de tamanho, mas como medir? A dica do gerente de Assistência Técnica da Continental Pneus, Rafael Astolfi, é muito simples, e pode ser carregada no bolso de qualquer pessoa: uma simples moeda de R$ 1.

Basta colocar a moeda nos sulcos do pneu. Se o anel dourado da moeda desaparecer, o motorista pode rodar sem problemas. Caso contrário, os pneus devem ser trocados imediatamente.

“Recomendamos uma profundidade mínima de 3 mm para que o pneu possa ser utilizado com segurança e, em caso de pista molhada, tenha a capacidade de drenar a água adequadamente. Os sulcos são essenciais para esse processo. Abaixo dessa medida, os pneus vão perdendo rapidamente a eficiência e a aderência, o que aumenta exponencialmente o risco de perda de contato com o solo, especialmente sob condições meteorológicas adversas”, destaca Astolfi.

Além de ser perigoso, rodar com pneus carecas pode ser motivo de multa. O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) não faz referência às condições dos pneus, no entanto, o artigo 230 do CTB estabelece, no parágrafo XVIII, que é infração conduzir o veículo “em mau estado de conservação, comprometendo a segurança”.

A infração é considerada grave e rende cinco pontos na carteira, além de multa no valor de R$ 195,23.

Segurança

Para se ter ideia de como é perigoso trafegar com pneus carecas, Astolfi dá um exemplo. Um carro rodando em uma pista molhada a uma velocidade de 80 quilômetros por hora com pneus com 3 mm de profundidade de sulco levará uma distância equivalente ao comprimento de até dois veículos para parar totalmente.

 

“É o pneu que determina se o carro pode parar a tempo ou se permanece seguro em uma curva”

 

Com sulcos de 1,6 mm, essa distância dobra. Ou seja, pode chegar a até quatro veículos. Em terreno seco, a distância de frenagem também é maior.

“Os pneus são o único ponto de contato entre o carro e o asfalto. Todas as forças transmitidas para a via são feitas através de uma área equivalente à de um cartão postal. Quando a sua segurança e a de sua família pode ser colocada em risco, cada milímetro do sulco conta”, conclui o especialista da Continental Pneus.

Exclusivo

Rafael Astolfi trabalha para a empresa Continental, fornecedora exclusiva da Garra Pneus, que tem nove lojas em Minas, sendo cinco em Belo Horizonte, uma em Betim, duas em Contagem (uma na Ceasa) e uma em Uberlândia.

A Garra começou a trabalhar exclusivamente com pneus Continental a partir de 2007, um ano depois de a multinacional alemã inaugurar uma fábrica no Brasil, em Camaçari, na Bahia.

Serviço: Garra Pneus
Telefone (031) 3329-6700
Whatsapp (031) 98991-7000