O Brasil perdeu 63.624 vagas formais de emprego em março deste ano, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. No trimestre, o Brasil registra fechamento líquido de 64.378 empregos. Em março do ano passado, o saldo foi negativo em 118.776 vagas.

O resultado foi pior que o intervalo de estimativas de analistas do mercado financeiro consultados pelo Projeções Broadcast. A pesquisa consultou 18 instituições, cujas previsões iam do fechamento de 37 mil vagas à abertura de 40 mil postos de trabalho.

O número de março ficou abaixo da mediana das previsões, que indicava abertura de 9.954 pontos no mês passado.

Leia mais:
FMI prevê que Brasil sairá da recessão e crescerá 0,2% em 2017
Cemig amplia prazo para negociação de débitos com consumidores
Retomada da economia e reformas podem ser adiadas