Na semana que vem, do dia 29 de outubro a 4 de novembro, as passagens aéreas para voos nacionais alcançarão o nível mais baixo de preços para quem pretende viajar no final do ano. Isso, segundo levantamento da plataforma Skyscanner, de busca de viagem, realizada em parceria com o Conecataí, braço de pesquisa na internet do Ibope.

De acordo com a pesquisa, que avaliou a aquisição de passagens na internet por um período de dois anos, os voos reservados com oito semanas de antecedência para o fim do ano ficam até 14% mais baratos que o preço médio daqueles comprados depois disso. Segundo o site, 43% das compras avaliadas, no entanto, deram-se fora desse período, resultado em desembolsos maiores para os consumidores.

Além do tempo ideia para a compra, o levantamento aponta outras opções para conseguir reduzir o desembolso com a passagem aérea. Dentre elas, optar por voos com escalas em aeroportos próximos, escolher companhias aéreas diferentes para os voos de ida e de volta e garantir datas flexíveis para ir e voltar, definindo o embarque de acordo com média de preços e promoções disponíveis no momento.

Leia mais:
Senacon investigará aéreas por dizerem que bagagem cobrada baratearia passagens
Após cobrança por bagagens, preços das passagens aéreas sobem no país