O preço do gás de cozinha em Belo Horizonte e região metropolitana subiu, em média, 14,33% no mês de setembro. O reajuste para o botijão de 13 quilos, que é o mais usado nas residências, chegou a 21,59%, segundo a pesquisa do Procon da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizada em 93 revendedores da Capital e Grande BH. O levantamento foi feito no dia 29/9/15.

Conforme a pesquisa, no comparativo entre os meses de agosto e setembro, o botijão de 13 quilos, que custava em média R$ 49,50, passou para R$ 60,18. No caso do cilindro de 45 quilos, mais utilizado pelo comércio e condomínios, subiu de R$ 221,48 para R$ 249,63, uma alta média de 12,71%.

De acordo com o Procon, o consumidor deve ficar atento ao local de compra, pois a variação do preço do produto entre um estabelecimento e outro chega a 40% (ou R$ 20) no caso do botijão e a 50% (R$ 100) para o cilindro.

Na análise por região, a pesquisa constatou que, para o botijão de 13 quilos, os aumentos foram mais sentidos na Leste (25,25%) e no Barreiro (24,33%). Já para o cilindro de 45 quilos, as maiores altas foram verificadas na Região Oeste (20,01%) e Noroeste (13,49%).

Clique aqui e veja a pesquisa completa.