Depois de registrar saídas líquidas de US$ 1,087 bilhão em dezembro e de US$ 4,252 bilhões no acumulado de 2016, o fluxo cambial do País está negativo em US$ 1,054 bilhão em janeiro até o dia 6, informou nesta quarta-feira (11) o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 966 milhões no período, correspondente à primeira semana do ano. Isso é resultado de entradas no valor de US$ 8,510 bilhões e de retiradas no total de US$ 9,475 bilhões. Este segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo até o dia 6 é negativo em US$ 88 milhões, com importações de US$ 2,253 bilhões e exportações de US$ 2,165 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 419 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 626 milhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 1,120 bilhão em outras entradas.