Com a crise aberta pela Operação Carne Fraca, que deflagrou um esquema de corrupção envolvendo frigoríficos e fiscais agropecuários, o presidente Michel Temer convocou para o domingo, 19, reuniões com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi; o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira, e representantes de frigoríficos.

Às 14 horas, Temer fará um primeiro encontro apenas com Maggi, no Palácio do Planalto. Em seguida, recebe também Pereira e os representantes dos frigoríficos. Nem a assessoria da Presidência nem do Ministério da Agricultura soube informar quem participa da reunião em nome do setor.

O governo está preocupado com o impacto da operação nas exportações de carnes e outros produtos animais. Neste sábado, técnicos da Agricultura estão reunidos e preparam uma nota que será enviada a embaixadores de vários países.

De acordo com a pasta, o texto deverá informar sobre a Operação Carne Fraca e esclarecer dúvidas já levantadas por outros países, além de certificar de que o governo brasileiro está tomando todas as providências.

Trump

Também neste sábado, Temer falará por telefone com o presidente dos EUA, Donald Trump. O Planalto não informou o tema da conversa nem se a Operação Carne Fraca será abordada. Autoridades europeias também pediram explicações ao governo brasileiro sobre as investigações.

O Ministério da Agricultura enviou neste sábado técnicos para Curitiba (PR) para reunir mais detalhes sobre a operação.

Leia mais:
Empresas se defendem após escândalo de carne adulterada
Diretor da BRF é preso ao desembarcar no aeroporto de Guarulhos
Propina de frigoríficos abastecia PMDB e PP