Fátima Bernardes encerrou o contrato de três anos com a marca Seara, do grupo JBS. A empresa frigorífica é alvo de investigações de corrupção nos últimos anos.

A informação foi confirmada por meio da assessoria da apresentadora. "Eu não sou mais garota propaganda da marca Seara", disse a jornalista. O motivo, porém, não é esclarecido devido a uma cláusula de confidencialidade no contrato.

Leia mais:
Justiça bloqueia R$ 800 milhões de Joesley Batista
Banco suíço denuncia contas usadas pela JBS para Lula e Dilma