Na próxima quinta-feira (24), empresários da capital e Região Metropolitana se unem em um protesto contra as altas taxas aplicadas no país, é o "Dia da Liberdade de Impostos". E o preço da gasolina mais uma vez chama a atenção do consumidor. Atualmente encontrada a mais de R$ 4,00, ela vai ser comercializada a R$ 2,281, no Posto Pica Pau, que fica na avenida do Contorno, 10.325, no Barro Preto, na região Centro-Sul da cidade. O valor corresponde ao desconto de 47,96% dos tributos diretos incidentes no produto. Dessa forma, o motorista que abastecer R$ 153,72, por exemplo, pagará R$ 80.

De acordo com a direção do posto, o preço sem impostos é limitado aos primeiros 120 automóveis e 65 motocicletas, mediante ordem na fila e sequência de senhas distribuídas. Só será aceito pagamento em dinheiro e o abastecimento terá início às 9 horas, sendo limitado a 35,07 litros por veículo. Ao todo, serão vendidos 5.000 litros do combustível. O abastecimento só pode ser feito no tanque do veículo. Fica proibida a venda do produto em vasilhames, galões e outros recipientes. 

A venda de combustível sem imposto é só um dos exemplos de produtos e serviços comercializados com os descontos referentes aos impostos. Conforme a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte, já são mais de mil itens cadastrados, entre roupas, sapatos, acessórios, brinquedos, alimentos, bebidas, artigos de papelaria, óculos, medicamentos genéricos, eletrodomésticos, maquiagem, perfumaria, semijoias e outros. A expectativa é que a lista aumente e ela já pode ser acessada pela internet.  

Nesta 12ª edição, shoppings de Belo Horizonte e de Contagem, na Grande BH, aderem pela primeira vez ir ao protesto. Segundo a CDL-BH, mais de 500 lojas dos shoppings Del Rey, Estação BH e Contagem prometeram comercializar produtos e serviços com descontos referentes ao valor dos impostos incidentes. 

Além da CDL-BH, também participam da ação a CDL Jovem, Minaspetro, Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção de Minas Gerais (Acomac), Sindicato e Associação Mineira de Indústria e Panificação (Amipão) e Associação Mineira de Supermercados (Amis). 

* Fonte: CDL-BH

Leia mais:
Empresários promovem dia sem impostos na próxima semana
Shoppings de BH e Contagem aderem pela primeira vez ao Dia da Liberdade de Impostos