Se o mercado de automóveis tem vivido dias de calvário, no setor de caminhões a situação é ainda pior. Termômetro da economia, a venda de novos já acumula 31% de retração no comparativo dos sete primeiros meses de 2016 e 2015, sendo que no ano passado o nicho encolheu quase 50% em relação a 2014. E para driblar a crise a divisão de caminhões da Mercedes-Benz expandiu operação de revenda de seminovos e usados (SelecTruck) e abriu a segunda loja no país, em Betim. 

“A venda de seminovos sempre fez parte do negócio da Mercedes-Benz, que tem atuado há muito tempo na Europa. No Brasil, lançamos o SelecTruck há três anos, no interior de São Paulo, já comercializamos 1.000 desde então e, para Betim, nossa meta é vender 600 caminhões por ano”, explica o vice-presidente de Vendas e Marketing da Caminhões Mercedes-Benz.

O negócio é apontado como uma solução para quem precisa renovar a frota mas não têm como comprar unidades novas e pode utilizar os usados como parte do pagamento.