Cerca de 300 casas foram evacuadas, por precaução, neste sábado (23) no norte de Los Angeles, na Califórnia, depois que um incêndio provocado pelo calor se alastrou por uma área de 4.450 hectares. A expectativa é que a temperatura máxima da cidade chegue aos 41ºC.

O fogo teve início na sexta (22) e se espalhou rapidamente, em uma região a 65 km ao norte da cidade de Santa Clarita. A falta de umidade e plantas secas contribuem para alimentar o incêndio. Em um dia, ele quase triplicou de tamanho; só 10% foi contido e mais de 300 bombeiros trabalham para apagá-lo.

Cerca de 30 helicópteros e oito aeronaves estão sendo usados para conter o alastramento do incêndio. O Corpo de Bombeiros afirmou que apenas um oficial teve ferimentos e que nenhuma construção foi destruída pelo fogo, que se concentra em áreas florestais.

Kurtis Bell, gerente de um estacionamento de trailers, disse ao canal KCAL-TV que não houve feridos no local. "Tirei todos os funcionários do estacionamento", afirmou. "Alguns donos dos trailers não estavam, então entrei nos veículos e retirei os cachorros que estavam lá dentro." Além das casas evacuadas, dez estradas foram fechadas e abrigos foram disponibilizados para receberem os moradores.

Leia mais

Em época de seca, encontrado enorme aquífero na Califórnia
Incêndio florestal na Califórnia mata duas pessoas e moradores deixam região