O susto provocado pela explosão ocorrida no gasômetro da usina da Usiminas, em Ipatinga, no Vale do Aço, provocou pavor em muitos moradores na tarde desta sexta-feira (10). Mesmo com comunicados oficiais da siderúrgica e dos bombeiros de que o vazamento havia sido controlado, muita gente que vive no entorno do bairro Cariru preferiu deixar a cidade. 

Foi o caso de um morador de 36 anos do bairro Bela Vista. O homem, que pediu para não ter o nome publicado, decidiu seguir para a vizinha de Coronel Fabriciano com a mulher e o filho até ter certeza de que não há risco de gás tóxico na cidade.

“Às 12h40, estava me preparando para levar o meu filho para a escola e ouvi um estrondo muito alto. Logo surgiu uma fumaça muito escura no céu e vimos que vinha da Usiminas”, relata o morador. 

Segundo ele, já havia entre os moradores da cidade um medo de que um dia um gasômetro explodisse. “Existe uma teoria em Ipatinga de que no dia em que o gasômetro explodisse, deveria ter uma evacuação por causa da liberação de gases tóxicos. Sempre se comentou isso por aqui. Na dúvida, muita gente preferiu buscar os filhos na escola e sair da cidade”, diz o morador, acrescentando que o trânsito ficou congestionado na saída da cidade.

Entre muitos moradores, o medo maior é de respirar monóxido de carbono, gás de alta toxicidade.  

Em outro relato, uma mulher diz que está na porta da escola e viu que muitos pais decidiram buscar os filhos por causa de uma evacuação. “Quem mora no Cariru tem que rachar o fora”, disse uma mulher em outro áudio.Vários áudios que circulam pelas redes sociais mostram outros relatos de pavor frente a explosão. “Sei que meu escritório quase foi para o chão. Abalou a usina inteira, estão evacuando a região”, diz um homem não identificado em um áudio que tem sido compartilhado.

Fake news

Muito do pavor que tomou conta de alguns moradores da cidade está ligado às fake news (notícias falsas) que logo tomaram conta de grupos do WhatsApp. Mesmo com a informação oficial do Corpo de Bombeiros de que não houve mortos na explosão e, sim, cerca de 30 feridos, têm circulado postagens que falam de muitos óbitos decorrentes do acidente.

Importante reforçar que, segundo as autoridades, os moradores de Ipatinga não precisam deixar a cidade. A área de risco do entorno do acidente na usina já passou por um processo de evacuação. O vazamento está controlado, de acordo com a Usiminas.

Confira a nota da Usiminas:

"A Usiminas informa que registrou uma explosão em um gasômetro da Usina de Ipatinga. Até o momento, não há registro de vítimas e toda a área de risco da usina foi evacuada. A equipe de brigadistas da empresa está atuando no local e a canalização de gás já foi bloqueada, não havendo vazamento".

Leia mais:
Explosão na Usiminas deixa feridos, provoca evacuação da usina e assusta moradores de Ipatinga
Bombeiros afirmam que não há necessidade de evacuar bairros próximos à siderúrgica
Explosão na Usiminas de Ipatinga é um dos assuntos mais comentados no Twitter