Policiais civis e agentes do Ministério Público (MP) estadual cumprem hoje (14) oito mandados de prisão temporária contra suspeitos de envolvimento com uma milícia que atua na Baixada Fluminense. Segundo o Ministério Público, quatro suspeitos são policiais militares da região e um, ex-policial militar.

Os oito mandados de prisão e dez de busca e apreensão foram expedidos pela 7ª Vara Criminal da Comarca de Nova Iguaçu/Mesquita.

De acordo com as investigações, o grupo é suspeito de cobrar taxa de segurança a residências e comerciantes, de explorar o serviço de distribuição de sinal clandestino de TV a cabo, de vender água e gás e de explorar o transporte alternativo no município de Mesquita.

Segundo o MP, o grupo impõe seu controle circulando com fuzis e pistolas pelas ruas da cidade. Policiais civis da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense também aproveitam a ação para cumprir mandados de prisão expedidos pela 4ª Vara Criminal de Nova Iguaçu por um homicídio qualificado e uma tentativa de homicídio, que teriam sido cometidos por integrantes desse mesmo grupo.


Leia mais:
'Os tentáculos parecem não ter fim!', diz Janot após nova operação contra corrupção no Rio
PF cumpre 24 mandados de prisão contra suspeitos de fraude em presídios do Rio
Pelo segundo dia seguido, Forças Armadas atuam na Vila Kennedy, no Rio
ONU se diz preocupada com uso de forças armadas para combate ao crime no Rio