A Audi deu a largada no calendário de lançamentos de 2018 com as versões apimentadas de A3 Sedan e A3 Sportback. Os novos RS3 chegam ao mercado brasileiro ainda mais potentes. O motor turbo 2.5 (cinco cilindros) teve a potência elevada de 364 cv para 400 cv. Isso faz com que a dupla seja a de compactos mais potentes do mundo, superando o Mercedes-Benz A45 AMG, que debita “apenas” 381 cv. O torque da unidade é de 48 mkgf, força suficiente para fazer com que ambos acelerem de 0 a 100 km/h em 4,1 segundos. A velocidade máxima é de 250 km/h, limitada eletronicamente, mas pode ser reajustada para até 280 km/h. Para dar conta do recado, os RS3 ganharam rodas aro 19 com discos de freio de fibra de carbono e cerâmica 310 mm, suspensão com ajuste de carga, quadro digital com indicador de Força G e áudio Bang & Olufsen. O preço? Só R$ 329.990!

Ferrari GTO
A Sigla GTO é emblemática na Ferrari. Significa “Gran Turismo Omologato”, que em bom português quer dizer que é um carro aprovado para uso em rua. O primeiro GTO nasceu 1962, o 250 GTO (um dos modelos mais cobiçados da marca). Depois ressurgiu em 1983, no 288 GTO, que serviria de base para o F40. Agora a marca se prepara para lançar o 488 GTO, uma versão ainda mais arisca do 488 GTB (foto). Publicações europeias apostam que a versão extrairá cerca de 700 cv do V8 turbo 3.9. 

Novo Classe G
Uma das grandes surpresas do Salão de Detroit será a segunda geração do Mercedes-Benz Classe G. O jipão “raiz” da marca alemã ficou em linha por quase 40 anos e foi descontinuado no ano passado para dar lugar a uma nova geração. No entanto, esta semana vazaram imagens do modelo e praticamente nada mudou no grandalhão, que segue com os mesmos recortes e painéis de estamparia. Resta saber o que há debaixo da eterna carcaça do Mercedão. 

Esquilos me mordam!
Carro parado por muito tempo tende a virar habitação de animais e insetos. No entanto, para um inglês que vive no condado de Surrey, bastou deixar o Volkswagen Golf estacionado fora da garagem por cinco semanas enquanto viajava. Ao retornar, ele percebeu que o carro estava com um “comportamento estranho”. Na oficina descobriu que seu Golf tinha se transformado num depósito de sementes colhidas por esquilos, que esconderam castanhas no porta-luvas e até debaixo da tapeçaria.