Autoridades do governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disseram neste domingo (11) que não há novas exigências à Coreia do Norte para que o encontro entre os líderes dos dois países aconteça, além da promessa dos norte-coreanos de que não vão continuar a testar armas nucleares e mísseis balísticos, ou criticar publicamente os exercícios militares conduzidos pelos EUA e pela Coreia do Sul.

O secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, disse à NBC que espera que a reunião aconteça, a menos que os norte-coreanos "não cumpram com as obrigações sobre o teste de mísseis". Fonte: Associated Press.

Leia mais:
Estamos salvando setor de aço e alumínio e países terão de ceder, diz Trump
Acredito que Coreia do Norte honrará promessa de não testar mísseis, diz Trump
Coreia do Sul elogia plano de encontro entre Trump e líder norte-coreano