A Coreia do Norte afirmou que a chegada de três porta-aviões dos Estados Unidos à Península Coreana denota uma "postura grave" por parte de Washington, a qual impossibilita prever quando a guerra nuclear irá surgir.

O embaixador geral da Coreia do Norte na Organização das Nações Unidas (ONU), Ja Song Nem, disse, em uma carta ao secretário-geral, Antonio Guterres, que os exercícios militares conjuntos de Washington e Seul estão criando "a pior situação" em torno da Península Coreana.

Para ele, os exercícios dos EUA e da Coreia do Sul "nos fazem concluir que a opção que tomamos foi a certa e que devemos seguir neste caminho até o fim".

Fonte: Associated Press.

Leia mais:
Coreia do Norte condena falas de Trump e o chama de 'lunático'
Em demonstração de força, EUA e Coreia do Sul realizam exercícios militares