A emissora oficial do regime sírio informou nesta terça-feira (17), que o país foi alvo de uma nova "agressão", com o bombardeio de uma base aérea em Homs.

O canal não informou de onde teria partido o ataque. No início do mês, o regime de Bashar Assad culpou Israel por um ataque semelhante em Homs.

Na sexta-feira (13), uma força-tarefa formada por Estados Unidos, Reino Unido e França realizou um ataque com o objetivo de destruir supostas fábricas e depósitos de armas químicas na Síria. O bombardeio foi uma retaliação ao suposto uso de armas químicas contra a cidade de Douma por tropas de Assad.

 

Leia mais: