Trinta e quatro militares de Camarões foram declarados desaparecidos depois do naufrágio de um navio do exército ocorrido neste domingo (16), informou ministro da Defesa, Joseph Beti Assomo.
O naufrágio aconteceu com um barco de logística do Batalhão de Intervenção Rápida (BIR), que tinha 37 pessoas a bordo. Três soldados foram resgatados, segundo a fonte.
O navio naufragou diante do litoral de Debumsha e as causas ainda não foram elucidadas, mas informações indicam que o mar estava muito agitado.
O BIR é uma unidade de elite do exército, que combate no fronto o grupo jihadista nigeriano Boko Haram na região de Extremo Norte.

 

Leia mais:
Atentado suicida em mesquita mata 10 pessoas na Nigéria

Estudantes libertadas por Boko Haram chegam à capital da Nigéria