A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, alertou novamente o Reino Unido que seu acesso ao mercado único da União Europeia pode ser limitado se o país restringir a imigração de cidadãos do bloco.

A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, indicou a intenção de dar prioridade a uma pausa nas imigrações com a saída do país da UE. Entretanto, os parceiros dos britânicos do bloco europeu estão firmes em não permitir que a medida ocorra, afirmando que ela é incompatível com manter acesso total ao mercado único do bloco.

Fonte: Associated Press.

Leia mais:
Alemanha procura eventuais cúmplices de autor de atentado de Berlim
Merkel enviará assessor para encontrar membro da equipe de Trump, diz revista
Merkel é reeleita líder do partido conservador da Alemanha