O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou a efetividade das Nações Unidas após o Conselho de Segurança condenar, na semana passada, os assentamentos de Israel na Cisjordânia e em Jerusalém.

Em seu perfil no Twitter, o republicano afirmou que a ONU "tem grande potencial", mas se tornou "apenas um clube para as pessoas se juntarem, conversarem e passarem bons momentos".

Na sexta-feira, o Conselho de Segurança aprovou a condenação com a anuência dos Estados Unidos, país com poder de veto que se absteve da votação. No mesmo dia, Trump já alertara que "as coisas serão diferentes depois do dia 20" na ONU, em referência à data em que é empossado no cargo.

Em dezembro de 2015, Trump afirmou à Associated Press que seria "muito nêutro" em questões relacionadas a Israel e Palestina. No entanto, seu tom se tornou decididamente mais favorável à Israel ao longo da campanha. Fonte: Associated Press.

Leia mais:
Trump diz que ONU virou 'um clube para as pessoas se divertirem'
EUA: Trump anuncia que vai dissolver sua fundação de projetos filantrópicos
Jane Fonda pede a Trump que respeite nativos americanos