O jornal alemão Die Welt noticiou que a política frustrou um ataque com faca que seria realizado na Meia Maratona de Berlim neste domingo (8).

Segundo a publicação, forças especiais da polícia detiveram quatro homens ligados ao evento. Eles disseram que o principal suspeito planeja matar participantes e espectadores com facas.

A agência de notícias alemã Deutsche Presse-Agentur (DPA) disse que a polícia confirmou as prisões, mas não deu maiores detalhes.

Segundo o Die Welt, o principal suspeito conhecia Anis Amri, o tunisiano que matou 12 pessoas ao invadir com um caminhão um mercado de Natal em dezembro de 2016. O suspeito, que não foi identificado, tinha preparado facas afiadas para usar no ataque.