Um dia antes de o suspeito do ataque ao aeroporto de Fort Lauderdale, na Flórida, Esteban Santiago, comparecer perante à Justiça norte-americana, um site divulgou imagens de um homem pegando uma pistola e abrindo fogo na área de retirada de bagagem.

A gravação de vídeo, publicada no site TMZ, parece mostrar Santiago percorrendo a área de bagagem do Aeroporto Internacional de Fort Lauderdale-Hollywood na sexta-feira, tirando uma arma de mão da cintura e disparando várias vezes antes de correr.

Santiago, de 26 anos, é acusado de matar cinco viajantes e ferir outros seis no ataque. Ele foi acusado no sábado de ato de violência em um aeroporto resultando em morte, que tem a execução como pena máxima, entre outras acusações. A sua primeira audiência no tribunal é na segunda-feira.

O FBI disse por e-mail que está ciente do vídeo, mas não comentou a sua autenticidade. O TMZ não informa onde obteve o vídeo, embora as imagens pareçam ser de uma câmera de vigilância.

O agente do FBI George Piro disse que Santiago falou aos investigadores por horas depois de ter aberto fogo no aeroporto com uma arma de fogo semiautomática de 9 mm que teria sido despachada legalmente de um voo vindo do Alasca.

Investigadores estão avaliando mídias sociais e outras informações para determinar qual seria a motivação de Santiago. Segundo Piro, é muito cedo para dizer se o ataque é um ato de terrorismo. Em novembro, Santiago entrou em um escritório do FBI no Alasca dizendo que o governo dos EUA estava controlando sua mente e forçando-o a assistir vídeos do grupo Estado Islâmico, segundo autoridades.