O deputado federal e candidato à prefeitura de Belo Horizonte pelo PMDB, Rodrigo Pacheco, defendeu neste domingo, maior estímulo, por parte do poder público, aos feirantes e artesãos da cidade. As declarações foram dadas em visita à feira de Artesanato do Mineirinho, na região da Pampulha.

“[São] mais de 400 expositores [no Mineirinho]. São pessoas que estão ganhando a vida, que precisam de menos burocracia, precisam de um olhar diferente da Prefeitura Municipal, que os entenda como indispensáveis à dinâmica do desenvolvimento econômico-social de Belo Horizonte”, afirmou.

Pacheco também prometeu maior diálogo com a prefeitura de Contagem para assegurar a despoluição da Lagoa da Pampulha, uma das condicionantes para que o tombamento do local como Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido este ano pela Unesco, seja mantido.

“Aí é uma questão de turismo, mas é também uma questão de meio-ambiente e de saúde pública. Então, nós vamos interagir com a prefeitura de Contagem, que tem que participar disso também, com a Copasa”, disse.