O risco país do Brasil operou acima do índice da Turquia nesta sexta-feira (19), mesmo após a atenuação dos efeitos da crise gerada ontem pela divulgação de informações da delação da JBS sobre o mercado financeiro.

Levantamento feito pelo Banco Fibra mostra que hoje o risco Brasil medido pelos Credit Default Swap (CDS) de cinco anos está em 247 pontos, acima dos 210 da Turquia, país que passa por turbulências após a polêmica votação que ampliou os poderes do presidente e levantou suspeitas de fraude.

O risco Brasil é o mais alto entre 15 países listados pelo banco, incluindo África do Sul (196 pontos), Rússia (153 pontos) e Colômbia (127 pontos). Após o tombo de ontem, o Ibovespa fechou hoje em alta de 1,69%, aos 62.639,30 pontos.