BRASÍLIA - O Senado vai apoiar a 3ª Conferência Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que acontecerá entre os dias 3 e 6 de dezembro, em Brasília, segundo entendimento definido nesta quinta-feira (11) pela ministra da Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República, Maria do Rosário, e o presidente da Casa, senador José Sarney (PMDB-AP).

Ficou estabelecido no encontro que caberá ao Senado Federal imprimir, em braille, toda a documentação que será entregue aos deficientes visuais que participarem da conferência. A escrita em braille utiliza caracteres constituídos por pontos em relevo para representar as letras do alfabeto, sinais de pontuação e os algarismos.

A ministra Maria do Rosário disse que o governo federal tem atuado para cumprir o compromisso de colocar todas as crianças deficientes na escola. “Entre 2010 e 2011, tivemos um avanço de mais de 3 mil matrículas para pessoas com deficiência na educação básica”, acrescentou.

A conferência foi lançada em julho passado. Na solenidade, a ministra Maria do Rosário disse que o evento marcado para dezembro é uma oportunidade de o país definir políticas públicas para as pessoas que têm algum tipo de deficiência, que correspondem a 23,91% da população brasileira.