Apesar de não constar na agenda oficial, o presidente Michel Temer se encontrou com o presidente do PTB, Roberto Jefferson, e sua filha, a deputada Cristiane Brasil, que teve sua posse como ministra do Trabalho barrada pela Justiça.

Segundo fontes, na conversa ficou acertado que os dois lados irão esperar pelo menos até segunda-feira (15), para definir qual será a melhor estratégia do governo.

Na manhã desta quinta-feira (11), no Planalto, Temer encontrou a ministra-chefe da Advocacia-Geral da União, Grace Mendonça, e pediu que ela estudasse a melhor forma dos recursos e o caminho jurídico ideal para o imbróglio. O governo avalia entrar com recurso no STF ou no STJ.

Auxiliares do presidente dizem que ele não está disposto a abrir mão da sua prerrogativa legal de nomeação e reiteram que qualquer mudança na indicação do PTB terá que partir da própria sigla.

Temer está a caminho de São Paulo onde passará por consultas médicas com cardiologista e urologista nesta tarde.


Leia mais: