O Restaurante Escola do Promove realizou, nesta quinta-feira (4), o primeiro teste de funcionamento da casa. Em fevereiro, a população terá acesso a pratos da alta gastronomia por preços bem atrativos. "O almoço executivo será a partir de R$ 29. Isso inclui a entrada e o prato principal", explicou a chef de cozinha Carolina Amorim, que vai coordenar o grupo de 20 estudantes de gastronomia na cozinha do restaurante.

Com 15 anos de mercado, Carolina, que já foi chef executiva do Festival de Gastronomia de Tiradentes e trabalhou em um hotel na Espanha, está otimista com o projeto. "É muito bacana. Quero que eles aprendam toda a linha de produção de uma grande cozinha, desde o cuidado com a limpeza, a higiene, até a forma de tratar o cliente e o atendimento de qualidade", disse. 

Trinta clientes previamente escolhidos puderam experimentar, nesta quinta-feira, sabores diferenciados. Para a entrada, os futuros chefs prepararam três opções: salada primavera, que mescla folhas de alface, rúcula, agrião, cebolas e pêras caramelizadas, lascas de queijo parmesão, tomate e molho de iogurte e caramelo balsâmico; ceviche de salmão, que tem como base o peixe cru; e steak tartare, um filé mignon com vários temperos dentro. 

Como pratos principais, foram serviços salmão ao molho mediterrâneo com purê de baroa defumada; medalhão de filé ao molho gorgonzola com risoto de moranga e crocante de couve; e risoto de pêra com gorgonzola e damascos.

Na sobremesa, mousse de doce de leite com calda de morango e farofa de paçoquinha; ganache de chocolate amargo com terra de chocolate, frutas vermelhas e molho de frutas do bosque.

O restaurante vai funcionar na rua Timbiras, no bairro Lourdes de segunda a sábado, das 11h30 às 15h. 

Restaurante PromoveCarolina Amorim tem 15 anos de mercado e foi chef executiva no Festival de Gastronomia de Tiradentes

Leia mais:
Cozinha prática no Promove: Restaurante Escola permitirá amplo aprendizado a alunos de gastronomia