Considerada a segunda melhor data para o comércio, o Dia das Mães é aguardado com otimismo pelos restaurantes de Belo Horizonte. A expectativa é de incremento de 60% a 80% no movimento no próximo dia 13 em relação aos domingos normais, segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Minas.

Segundo o presidente da entidade, Ricardo Rodrigues, nos dois últimos anos o segmento sofreu queda de 20% a 30% nos negócios. E o dia de homenagear as mães é esperança para engordar as vendas. Em meio à concorrência, conquistar o cliente pelo paladar com pratos requintados, preços especiais e oferta de mimos são alternativas que algumas casas prepararam.

“Independente do cenário econômico, o Dia das Mães gera grande movimento. Muitos associados estão locando mesas e cadeiras porque sabem que irão precisar no domingo”, diz Rodrigues. No Maria das Tranças, que pertence a ele, o agrado às mães será a distribuição de rosas e brindes como chaveiros.

Especializado em frutos do mar, o Badejo também preparou promoções. As mulheres vão ganhar uma entrada (porção de isca de peixe ou casquinha de siri), além de uma sobremesa. E quem optar por moqueca de peixe com camarão VG ou moqueca de lagosta com camarão rosa pagará R$ 109,90, para duas pessoas. O sócio-proprietário Daniel Dalcin diz que espera lotação máxima, assim como ocorreu em 2016.

Criado há dois meses, o La Dolma Restaurante Empório, em Nova Lima, vai estrear o Dia das Mães com preparativos especiais. As mamães serão recepcionadas com uma taça de espumante e porções de tortilhas. Comandada pelos chefs Fábio Pontes e Ramon Miranda, a casa criou um menu diferenciado para a data, com direito à entrada, prato quente e sobremesa, cujo valor é de R$ 95 por pessoa. Se for harmonizado com vinho, o preço salta para R$ 135.

O Jockey Bar & Café, dos s empresários Danilo Michelini e Ricardo Guimarães, também está com uma promoção especial. Clientes não pagam o prato principal escolhido pela mãe, segundo o diretor de Marketing do Jockey, Diego De Stéfano. A estrela do menu é o Cowboy Steak Jack Daniel’s, que serve duas pessoas e custa R$ 75. Trata-se de um corte dianteiro com gordura marmorizada, acompanhado de arroz biro-biro e batatas bolinha.
Já o Restaurante do Porto tem uma expectativa de crescimento de 20% em relação aos outros domingos.

Segundo o sócio Leonardo Duarte, o Dia das Mães é um dos feriados com maior movimento. “Com exceção da Semana Santa e da Páscoa, essa é a melhor data para nós. As mães mais tradicionais voltam todos os anos para comemorar o seu dia na casa”, ressalta Duarte.

Já no Xico da Carne, a aposta é na tradição da culinária brasileira, com opções que vão de costela especial com batata e molho barbecue à picanha com mandioca na manteiga com queijo. As duas unidades do restaurante devem ter incremento de 15% na receita, ante outros domingos. “É um momento de confraternização”, diz Rodrigo Nascimento, diretor da casa.