O senador republicano Rand Paul se retirou da disputa pela indicação do Partido Republicano à presidência dos Estados Unidos. A porta-voz da campanha do político, Eleanor May, confirmou a decisão nesta quarta-feira.

O senador pelo Kentucky abandona a disputa após não conseguir ganhar grande apoio nas pesquisas. Paul buscava melhorar a popularidade do Partido Republicano entre os jovens e as minorias, mas sua mensagem teve pouco eco, diante do reduzido grupo de republicanos de inclinação "libertária" que respaldaram tentativa similar de seu pai, Ron Paul. Agora, Rand Paul, de 52 anos, concentrará esforços em sua campanha pela reeleição como senador por Kentucky.

No caucus de Iowa, Paul ficou apenas em quinto lugar entre os pré-candidatos republicanos. Segundo ele, foi uma honra ter participado. Um cético em relação às intervenções dos EUA no exterior e também aos programas de monitoramento dos EUA, Paul não conseguiu muito apoio, em uma eleição com forte presença de temas como o terrorismo internacional, os avanços do Estado Islâmico na Síria e no Iraque e o levante em parte do Oriente Médio. Fontes: Associated Press e Dow Jones Newswires.